Skip to content

Empresária assaltada após vender posto ao filho de Givaldo Carimbão

  • Home
  • Policial
  • Empresária assaltada após vender posto ao filho de Givaldo Carimbão

Blog

Empresária assaltada após vender posto ao filho de Givaldo Carimbão

A empresária Maria Jaydeth Miranda foi assaltada na tarde da terça-feira 19 em João Pessoa. Os ladrões levaram R$ 235 mil em dinheiro vivo. Ela havia acabado de fechar um negócio. O que está intrigando a empresária e o delegado Marcos Vasconcelos, titular de Roubos e Furtos, é que os assaltantes demonstraram que sabiam que ela carregava o dinheiro. Vasconcelos disse que desde o momento que tomou conhecimento do assalto, determinou investigações. O delegado não quis revelar quantos policiais civis estão investigando, mas garantiu que o pessoal está na rua para identificar e prender os autores do assalto.

O assalto foi praticado por volta das 15h após Jaydeth receber a importância de R$ 300 mil como parte da venda de um posto de combustível desativado no Bairro de Jaguaribe. Os ladrões ainda levaram o carro da empresária, um Corolla, cor prata, placas MOJ-2437-PB, que foi localizado no final da tarde desta quarta-feira, 20, próximo a um posto de combustível no Bairro do Bessa, em João Pessoa.

Segundo o delegado, a transação comercial foi feita no Cartório Carlos Ulysses, na Avenida Epitácio Pessoa, onde Givaldo de Sá Gouveia Júnior, filho do deputado federal Givaldo Carimbão teria repassado o dinheiro. A empresária saiu do cartório com os R$ 300 mil, mas na queixa prestada na 12ª De-legacia Distrital, ela informou que os ladrões, em número de dois numa moto, levaram R$ 235 mil. A polícia desconfia que os R$ 45 mil teriam sido usados no pagamento do advogado ou com outro gasto. “Ela deve esclarecer quando for ouvida”, disse o delegado. O assalto aconteceu próximo ao Supermercado Carrefour. A empresária foi abordada por dois homens numa moto.

Givaldo Carimbão Filho foi ouvido na Delegacia de Roubos e Furtos, na Central de Polícia. Ele disse que o dinheiro foi fruto da venda de uma granja de seu pai, em Brasília e de terrenos localizados em Alagoas. O delegado Marcos Vasconcelos informou que espera ouvir a empresária para esclarecer como tudo aconteceu e ao mesmo tempo o destino dos R$ 65 mil. Também vai aguardar o resultado da perícia no veículo. Enquanto isso, Givaldo de Sá Gouveia Júnior, “Carimbinho” e seu pai, o deputado Carimbão, terão que explicar à Receita Federal a origem dos R$ 300 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também