Skip to content

Uncisal realiza o Pint of Science 2024 e coloca Alagoas novamente no circuito mundial de divulgação científica

  • Home
  • Alagoas
  • Uncisal realiza o Pint of Science 2024 e coloca Alagoas novamente no circuito mundial de divulgação científica

Blog

Uncisal realiza o Pint of Science 2024 e coloca Alagoas novamente no circuito mundial de divulgação científica

Um evento para discutir ciência de forma inovadora, com uma linguagem simples e em espaços inusitados. Esta é a proposta do Pint of Science, o maior evento de divulgação científica global e que este ano acontecerá em 25 países. A Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) é a instituição responsável pelo festival em Maceió, que acontecerá dias 13, 14 e 15 de maio simultaneamente em mais 179 cidades brasileiras.

O festival é gratuito, aberto ao público e tem um formato que atrai pessoas interessadas em conhecer mais do universo científico com pesquisadores de diferentes áreas. Em Maceió o evento vai acontecer nos bares Toca do Calango, em Jaraguá, e El Porteño Pub, na Jatiúca. Nesses espaços os pesquisadores vão discutir como temas centrais “A física como você nunca viu”, “Não acredite em nós, acredite na ciência” e “A mente que flutua: os limites da saúde mental”.

De acordo com Klaysa Ramos, professora da Uncisal e coordenadora do Pint of Science em Maceió, o evento mundial contempla várias áreas da ciência e na capital alagoana os temas estão mais concentrados na área da saúde. “Mas também vamos ter um dia de programação baseada na física, que é bastante interessante porque é uma área que a gente sempre rotula como uma coisa muito teórica e sem muita aplicação, mas na verdade não é assim. A física pode ser interessante quando vemos a aplicação no nosso dia a dia”, explicou.

Ela ressalta que a proposta do evento é possibilitar que os pesquisadores levem para bares, restaurantes e espaços públicos informações baseadas em evidências científicas sólidas. “Até para desmistificar algumas fake news que existem sobre a área da saúde, por exemplo, e que a gente viu que se intensificaram bastante a partir da pandemia. A proposta é abordar a ciência sob uma perspectiva diferente, com os cientistas abordando temas complexos por meio de uma linguagem acessível ao público, propagando assim o conhecimento”, completou a professora.

Para participar do evento não é necessário fazer inscrição. Basta o público escolher entre os assuntos da programação que são de seu interesse e ir ao estabelecimento que sediará esses temas. O participante pagará apenas o que consumir no estabelecimento . Também não há cobrança de ingresso. Por não se tratar de congresso acadêmico, não serão entregues certificados.

Todas as informações relativas ao festival podem ser encontradas na home page https://pintofscience.com.br e a programação específica de Maceió pode ser consultada pintofscience.com.br/events/Maceió. O evento conta com o apoio da Fapeal, Ufal, Centro Universitário Cesmac, Caatinga Rocks, Toca do Calango, El Porteño e IEPSIS.

Campanha

A coordenação do Pint of Science em Maceió informou que o evento irá arrecadar doações de água mineral para serem enviadas para o Rio Grande do Sul. Durante os três dias do festival os participantes poderão levar aos bares as doações. “No final do festival a gente vai recolher tudo que for doado e vamos levar num ponto de arrecadação para que seja enviado para o Rio Grande do Sul”, concluiu.

Programação completa 

Dia 13 – Toca do Calango –  Início às 19h

“A Física como você nunca viu”- Física aplicada à neurociência: uma maneira científica de tentar ler pensamentos.Fernanda Selingardi Matias (Física/UFAL, Doutora)

– Formação de Elementos Químicos nas Estrelas.Elton Malta Nascimento (Físico/UFAL, Doutor)

Dia 14– Toca do Calango – Início às 19h

“A Física como você nunca viu”- O novo suplemento milagroso da última semana.Laura Marise (Farmacêutica Bioquímica/Nunca Vi 1 Cientista, Doutora)

– … Mas foi o dotô que mandou eu tomar!Fernando Maia (Médico/UNCISAL, Infectologista)

Dia 15 – El Porteño Pub – Início 19h

“A mente que flutua: os limites da saúde mental”Até onde vai a ‘normalidade’?Marcílio Moreira Feitosa Júnior (Médico/CESMAC, Psiquiatra)

– A compreensão do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e os desafios para quem tem e para quem cuida.Emília J. F. Gama (Assistente Social/IEPSIS, Doutoranda)

Dia 15 – El Porteño

Show de Encerramento com a Banda JOHN E OS TRAVOLTAS

Por Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também