Skip to content

Tribunal de Justiça de Alagoas leva sessão da Câmara Criminal para 240 estudantes

  • Home
  • Alagoas
  • Tribunal de Justiça de Alagoas leva sessão da Câmara Criminal para 240 estudantes

Blog

Tribunal de Justiça de Alagoas leva sessão da Câmara Criminal para 240 estudantes

Desembargador Celyrio Adamastor presidiu a sessão da Câmara Criminal do TJAL, nesta quarta (24) – Foto: Maykon Farias

Durante a sessão, os alunos do curso de Direito puderam acompanhar o julgamento de habeas corpus, embargos de declaração, apelações criminais e recursos em sentido estrito.

Ingrid Farias, aluna do 3º período de Direito, foi uma das estudantes que se inscreveram para a sessão especial da Câmara Criminal.

“É muito bom para os alunos que gostam da área penal, para que a gente entenda como o órgão funciona e também para que a gente possa se familiarizar com os termos e os procedimentos”.

Para Laiany Melo, estudante do 5º período de Direito, a experiência foi um grande aprendizado prático do conteúdo estudado durante as aulas.

“Como aluna estou muito feliz por estarmos tendo uma oportunidade ímpar, de assistir aqui dentro da faculdade a uma sessão do tribunal, com um contato próximo aos desembargadores, para que possamos ter um aprendizado de tudo que a gente vem estudando durante o curso”.

Laiany Melo, estudante do 5º período de Direito, durante julgamentos da Câmara Criminal. Foto: Maykon Farias.

O diretor da Faculdade Anhanguera, José Luiz Figueiredo, agradeceu ao TJAL pela ação inovadora, que aconteceu pela primeira vez na instituição.

“Acompanhar uma sessão da Câmara Criminal dentro da sua própria faculdade, conhecer como se desenrola todo o processo dentro da câmara com certeza é uma oportunidade única. Ficamos felizes de estarmos trazendo um pouco mais do dia a dia da profissão que eles terão no futuro”.

Câmara Criminal

O órgão colegiado do TJAL é integrado também pelos desembargadores João Luiz Lessa e Ivan Brito, e pelo juiz convocado Alberto Jorge Correia. Os trabalhos são secretariados por Diógenes Jucá. O procurador de Justiça Luiz José Gomes Vasconcelos representou o Ministério Público.

O projeto “Aproximando a Justiça Criminal da Sociedade” já levou julgamentos para o Cesmac de Maceió e de Arapiraca. Também ocorreram sessões em Santana do Ipanema e Piranhas.

Por Assessoria

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também