Skip to content

Terceira fase de matrículas online para a rede estadual começa nesta segunda-feira, 29

  • Home
  • Sergipe
  • Terceira fase de matrículas online para a rede estadual começa nesta segunda-feira, 29

Blog

Terceira fase de matrículas online para a rede estadual começa nesta segunda-feira, 29

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seduc), iniciou nesta segunda-feira, 29, a terceira fase das matrículas para a rede pública estadual de ensino. Esta fase vai até o dia 31 de janeiro e é dedicada aos estudantes novatos que têm o interesse de ingressar em uma das 319 escolas espalhadas pelos 75 municípios. Visando facilitar e democratizar o acesso à rede estadual para novos alunos, o Governo de Sergipe disponibiliza a realização da matrícula de forma online pelo Portal da Matrícula, no endereço eletrônico matriculaonline.seduc.se.gov.br. As inscrições vão das 8h às 22h.

É importante lembrar que alunos candidatos à rede deverão selecionar a série, o município, o turno e a escola em que desejam estudar e preencher o formulário de cadastro. Caso seja menor de idade, somente os pais ou o responsável poderão realizar a matrícula.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Matrícula da Seduc, Jaqueline Andrade, após acessar o Portal da Matrícula e fazer o processo, os estudantes, pais e/ou responsáveis deverão apresentar de forma obrigatória todos os documentos físicos exigidos no ato da matrícula na escola.

Dentre as documentações necessárias estão o comprovante de matrícula online; Certidão de Nascimento (original e cópia); documento de Identidade e/ou CPF, quando houver (original e cópia); Número de Inscrição Social – NIS, quando houver; Guia de Transferência ou Declaração; Comprovante de residência, preferencialmente fatura da energia elétrica, Relatório Médico e Avaliação Biopsicossocial para o estudante da Educação Especial, quando possível; Termo de Responsabilidade, que será disponibilizado pela escola; Cartão de vacinação para as crianças de até seis anos de idade; e duas fotos 3×4.

Uma das mães que realizou o processo de inscrição foi Adriana Santos Pinto, que matriculou o seu filho no Colégio Estadual Benedito Oliveira, em Aracaju. Com o auxílio dos gestores do colégio, Adriana preencheu os termos e apresentou a documentação de seu filho na própria escola.

O secretário de Educação, Zezinho Sobral, ressaltou o poder de acolhimento que a escola pública sergipana possui, além de lembrar que as matrículas de forma online são formas de democratizar o acesso à rede estadual.

“Estamos de braços abertos para receber com grande afeto e profissionalismo todos os estudantes sergipanos e suas famílias que desejam se integrar à rede pública de ensino em Sergipe. O Portal de Matrículas está acessível para que os alunos possam verificar as escolas disponíveis, as vagas e os horários disponíveis. O sistema assegura desempenho e acessibilidade para garantir que todos os usuários sejam assistidos”, afirmou.

O secretário também citou que as unidades de ensino disponibilizam todo o suporte necessário para as famílias, inclusive oferecendo amparo tecnológico a quem precisa. “Os pais, responsáveis ou até mesmo os alunos que enfrentarem dificuldades ao acessar a internet ou não dispuserem de recursos tecnológicos para realizar o procedimento podem se dirigir à unidade de ensino mais próxima de sua residência, onde uma equipe estará pronta para prestar assistência. Estamos todos comprometidos e colaborando para proporcionar o melhor atendimento e garantir que todos os alunos sejam matriculados”, reiterou

Em caso de dúvidas, é possível entrar em contato por meio do número de telefone 08002855321.

Termos de vacinação e alergias

Dentre as várias inovações anunciadas, as secretarias da Educação e da Saúde implementaram uma Declaração de Vacinação Atualizada e o Acordo de Consentimento para Vacinação, cujo propósito é enfatizar a relevância da vacinação dos alunos. Esse acordo busca informar os pais e/ou responsáveis sobre a importância da vacinação dos estudantes matriculados na rede, assegurando a autorização para a vacinação durante campanhas e atualizações ao longo do ano letivo.

Essa declaração será fornecida pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), indicando que os pais ou responsáveis levem o cartão de vacinação dos estudantes até uma UBS em sua região, onde será verificado e, se necessário, atualizado. Essa declaração torna-se um documento essencial para a matrícula escolar na rede estadual de ensino em 2024.

A mãe Adriana Santos Pinto fez questão de expressar a satisfação de saber que seu filho poderá ser vacinado na escola. “Nem sempre os pais têm a disponibilidade de levar seus filhos para se vacinarem, já que estão no trabalho”, destacou.

Outra medida adotada pelo Governo de Sergipe para este ano nas matrículas é a possibilidade de declarar possíveis alergias e restrições alimentares do estudante para adaptação do cardápio da merenda escolar. Isso faz com que as alimentações ofertadas ao longo do ano sejam preparadas com cuidado para não prejudicar a saúde do estudante, cabendo aos pais ou responsáveis informar na realização da sua primeira matrícula.

A diretora do Colégio Estadual Petrônio Portela, Andreia Bispo, destacou a importância dessa declaração. “O controle da alimentação é extremamente necessário para manter a saúde dos alunos em geral intacta em relação ao que de melhor pode oferecer a merenda dentro do ambiente escolar”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também