Skip to content

Suicídio tumultua visita de Sarkozy a Israel

Blog

Suicídio tumultua visita de Sarkozy a Israel

O suicídio de um soldado israelense nesta terça-feira causou grande correria durante a cerimônia de despedida do presidente francês, Nicolas Sarkozy, no aeroporto de Tel Aviv, em Israel. O oficial fez o disparo a cerca de 200 metros do local onde estava também o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, e o presidente, Shimon Peres.

Sarkozy e a mulher, Carla Bruni, foram imediatamente escoltados, em meio à correria, para o avião, enquanto as autoridades israelenses foram afastadas da área e levadas para um carro.

Depois de o alarme ser suspenso, Olmert e Peres subiram à aeronave para se despedir de Sarkozy e da primeira-dama da França.

Segundo uma rádio isralense, duas soldados presenciaram o suicídio e desmaiaram. Elas foram atendidas por médicos no local.

Uma autoridade israelense negou, pouco após a confusão, que houvesse uma tentativa de assassinato das autoridades francesa e israelense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também