Skip to content

Sindipol afirma: Policiais estão preocupados com novas invasões a delegacias

  • Home
  • Alagoas
  • Sindipol afirma: Policiais estão preocupados com novas invasões a delegacias

Blog

Sindipol afirma: Policiais estão preocupados com novas invasões a delegacias

O diretor de Planejamento do Sindicato dos Policiais Civis e ex-presidente
da categoria, agente José Carlos Fernandes, diante da invasão registrada na
noite de ontem no 8º distrito policial, localizado no Benedito Bentes,
quando doze homens fortemente utilizando três veículos e armados invadiram a
distrital, humilharam o agente Marcos José, e liberaram 9 presos, dois deles
pertencente a quadrilha de Eraldo do Gáz, disse que a cúpula da Defesa
Social, apesar de alertada nada fez para impedir que os delinqüentes
concretizasse as ameaças.

A Defesa Social, foi avisada pelos agentes no dia
1º, que uma quadrilha de Recife, estaria se deslocando para Alagoas,
objetivando resgatar os presos, principalmente Vilson Ventura e Livânio da
Silva, integrantes do crime organizado, acusado de vários ilícitos, entre
assaltos, roubo de cargas e crime de mando, como é que apenas quatro
policiais para proteger elementos periculosos ficam numa delegacia,
possamos dizer localizada no meio do mato?

“Nós policiais civis e principalmente os integrantes da diretoria do
Sindipol, estamos preocupados diante dessa situação, porque acreditamos que
começou a caçada de resgate de presos e isso é por demais preocupante. O que
fizeram na invasão a delegacia do 8º distrito, foi um verdadeiro desafio á
polícia. Estamos sempre com um contingente inferior aos números de bandidos,
além do mais sempre se apresentam fortemente armados
” Não serve para nada, ele estava desempregado na Bahia e veio para Alagoas
sem nenhum planejamento e em vista disso a situação chegou a um ponto, que
os bandidos telefonaram para a delegacia anunciando a invasão e a Defesa
Social, não colocou um reforço sequer e o agente Marcos quase foi morto”,
destacou o sindicalista.
Anunciando que nesta segunda-feira, em protesto ao descaso todos os
policiais civis, se deslocarão pela manhã até ao Palácio República dos
Palmares, quando irão circular o palácio do governo com algemas. Revoltado o
sindicalista José Carlos, denunciou que nove delegacias da capital, estão
superlotadas com presos da justiça que deveriam estar esperando julgamento
nos presídios. Ao todo são 112, detentos para poucos policiais fiscalizar e
sem armas adequadas. Se os outros três policiais de plantão não tivessem
saído deixado a delegacia para tomar café, por certo teríamos uma
carnificina, porque eles iriam reagir, porque estão ali para defender a
integridade dos presos, estavam em numero maior e por certo levariam
desvantagem”, afirmou o diretor do Sindipol.
Temendo novas invasões
No levantamento oficial feito pela diretoria do Sindipol, consta que nove
delegacias, além dos presos comuns, estão se responsabilizando por dezenas
de presos que deveriam estar nos presídios. ” Temos que admitir que a
situação está séria, se entram em contato com o serviço de rádio da
delegacia é porque a quadrilha é bem organizada, por isso tememos pelos
nossos agentes, que atuam principalmente nas noves delegacias que comportam
112 presos da justiça. São elas: 2º distrito, 8 – 6º 17 – 8º 12, com os
nove que fugiram ficaram apenas três; 3º, 18 – nas especializadas estão na
Repressão as Drogas,8- Furtos de Veículos,18; Defesa da Mulher,12- ” O lugar
dessas pessoas é no presídio ou na casa de Custódia, menos nas delegacias”,
desabafou José Carlos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também