Skip to content

Seminário discute fortalecimento de universidades e institutos federais

  • Home
  • Brasil/Mundo
  • Seminário discute fortalecimento de universidades e institutos federais

Blog

Seminário discute fortalecimento de universidades e institutos federais

O Ministério da Educação (MEC) promoveu , em Brasília (DF), o 2 º Seminário Nacional para Fortalecimento das Instituições Federais de Ensino Superior: inovação, empreendedorismo e sustentabilidade. O evento foi o rganizado pela Secretaria de Educação Superior ( Sesu ) do MEC e discutiu ações estratégicas voltadas à inovação, ao empreendedorismo e à sustentabilidade nas instituições federais de educação superior (I fes ) e nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia ( IFs ), a fim de ajudar no desenvolvimento do Brasil com soluções sustentáveis.

Na abertura, o secretário de Educação Superior, Alexandre Brasil , transmitiu uma saudação do Ministro de Estado da Educação, Camilo Santana, e disse que o Ministro está esperançoso no avanço d e novas pautas e mudanças na atuação das universidades e dos institutos federais. O secretário ressaltou a importância da participação de todos nesse processo.

“R eunir seis ministérios para desenvolver uma política interministerial estratégica e pensando no futuro do Brasil não é nada fácil. Tem muita gente contra. Então, primeiro eu quero dizer que a gente está fazendo aqui um ritual que não é nada banal e que demarca uma preocupação e a intenção de um governo ”, considerou.

Para Alexandre Brasil , apesar do desmont e enfrentado no governo passado na maioria dos m inistérios, é preciso olhar para a frente e pensar em inovação , sustentabilidade , empreendedorismo , transição energética e n a nova indústria . “A gente está pensando no Brasil , e isso é difícil , c omplicado , porque é um país complexo e extremamente desigual , que nos exige ações e práticas muito concretas . Por isso, ess a discussão é muito importante , e o MEC precisa muito do apoio e participação de todos os envolvidos ”, afirmou.

A diretor a de D esenvolvimento da R ede de I nstituições F ederais de E ducação S uperior da Sesu , Tânia Mara Francisco , destacou a cooperação que está sendo implementada entre os ministérios para fomentar as discussões sobre inovação, empreendedorismo e sustentabilidade . “ Esse é u m tema caro para a gente e nós vamos apresentar as ideias do acordo que será formalizado em breve . E ssa cooperação , o envolvimento das universidades , do s instituto s federais e das instituições científicas e tecnológicas, é fundamental para a gente conseguir efetivar os objetivos que estamos colocando , como as questões das nova s indústrias, questões de transformação ecológicas , questões climáticas , da economia de impacto e da economia social , que estão presentes nesse contexto ”, comentou.

Já a diretora de Articulação e Fortalecimento da Educação Profissional e Tecnológica do MEC , Carla Jardim, ao representa r o secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Getúlio Marques , afirmou que esse momento de discussão do papel das Ifes e dos IFs é mui to importante para o desenvolvimento social e econômico do Brasil. “ F alar de inovação , de empreendedorismo , de sustentabilidade e de base social e tecnológica é algo essencial no momento em que o nosso p aís assume desafios tão intensos e importantes , no sentido de reconstruir toda a estratégia do desenvolvimento do Brasil ”, observou.

Também compuseram a mesa de abertura a secretária – executiva do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Verena Hitner Barros; a assessora da Subsecretaria de Assuntos Econômicos e Fiscais da Secretaria – Executiva do Ministério da Fazenda, Carina Vitral Costa; o vice-presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior, José Daniel Diniz Melo; e a diretora de Apoio aos Ecossistemas de Inovação Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC) , Sheila Oliveira Pires.

Lançamento – O lançamento e stava previsto para ocorrer durante o seminário da agenda interministerial que visa ao atendimento das políticas públicas do governo para a inovação, o empreendedorismo e a sustentabilidade. No entanto, como as discussões envolvem seis m inistérios, a agenda será lançada até o final de março .

A iniciativa, coordenada pelo MEC, contará com a participação da Advocacia Geral da União (AGU) e dos Ministérios da Fazenda (MF); da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC); do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC); e do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA). Serão parceiros o Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies); a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação ( Embrapii ); a Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior); e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Programação – A programação do seminário contou com duas mesas. A Mesa 1 abord ou o tema “A universidade na nova agenda do desenvolvimento inclusivo e sustentável ”, com os seguintes participantes: Verena Hitner , secretária-executiva do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI) do MDIC; Carina Vitral Costa, assessora da Subsecretaria de Assuntos Econômicos e Fiscais da Secretaria-Executiva do MF; Alexandre Brasil, secretário de Educação Superior do MEC; e Sheila Oliveira Pires, diretora do Departamento de Apoio aos Ecossistemas de Inovação do MCTI.

Já a Mesa 2 discutirá o tema “Inovação t ecnológica: instrumentos e desafios para a integração ICT-empresa”. Os debatedores foram : Bruno Portela, da AGU; Edward Madureira Brasil, assessor da presidência da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep); Denise Pires de Carvalho, presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); e Francisco Saboya, presidente da Embrapii .

A estimativa é que participaram do seminário , que ocorreu em formato híbrido , cerca de 200 pessoas, entre reitores de universidades e institutos federais, pró-reitores de pesquisa e pós-graduação, pró-reitores de extensão, diretores dos Núcleos de Inovação Tecnológica, além de servidores e colaboradores dos ministérios parceiros.

A s atividades aconteceram no auditório do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), localizado no Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 4, Lote 327, Brasília (DF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também