Skip to content

Seleção Brasileira é superada pelo Canadá no SheBelieves

  • Home
  • Esporte
  • Seleção Brasileira é superada pelo Canadá no SheBelieves

Blog

Seleção Brasileira é superada pelo Canadá no SheBelieves

A Seleção Brasileira jogou bem, mas desperdiçou inúmeras oportunidades e permitiu a reação do Canadá na estreia de ambas no Torneio SheBelieves, em Atlanta, nos EUA. A equipe vencia por 1 a 0 e cedeu o gol de empate aos 31 minutos do segundo tempo. Depois, nos pênaltis, foi batida por 4 a 2. Ficou assim fora da final do torneio, que será entre Canadá e EUA. Vai disputar o terceiro lugar contra o Japão, na terça-feira (9).

O JOGO

A Seleção Brasileira começou em ritmo intenso, marcando a saída de bola e não dando espaço para as adversárias organizarem as jogadas. Com cinco minutos, a equipe já tinha chegado à área das canadenses três vezes.

GOL DO BRASIL

O gol brasileiro era uma questão de tempo, embora o Canadá levasse perigo nos contra-ataques. Aos 20 minutos, Ludmila arrancou pela esquerda e foi derrubada dentro da área. Pênalti bem marcado,

Com personalidade, Tarciane pegou a bola e assumiu a responsabilidade. A zagueira de 20 anos cobrou muito bem e a Seleção abria o placar aos 21 minutos.

DOMÍNIO

Enganou-se quem imaginava que a Seleção Brasileira, com a vantagem no placar, diminuiria o ritmo. Aos 27, a goleira Sheridan evitou o segundo gol após um chute de fora da área de Jheniffer. Aos 31, Antonia pegou de primeira rebote da zaga e, da meia-lua, quase marcou. A bola passou rente à trave.

PRESSÃO MANTIDA

Aos 32, em outro bom ataque da Seleção Brasileira, a goleira Sheridan apareceu para interceptar o lance. Minutos depois, Priscila fez boa jogada pela esquerda e finalizou de direita. Sheridan acompanhou com os olhos a bola passando perto do gol. O Brasil ainda criaria outra oportunidade no primeiro tempo, com Gabi Portilho.

Ela avançou pela direita, deixou a marcadora para trás, entrou na área, mas demorou a concluir. Foi aplaudida por todo banco de reservas da Seleção pelo esforço.

EQUILÍBRIO

O Canadá voltou do intervalo mais agressivo. Ainda assim, o Brasil continuava com ímpeto. Oportunidades eram criadas de ambos os lados. As da equipe brasileira paravam nas mãos de Sheridan, a melhor do jogo. As do Canadá, em geral, saíam pela linha de fundo.

GOL DE EMPATE

Numa cobrança de escanteio pela esquerda, houve indecisão da zaga brasileira e Gilles se aproveitou para fazer o gol de empate. Eram 31 minutos de jogo e a Seleção Brasileira sentiu o baque.

MARTA E CRISTIANE

Com o passar dos minutos, antevendo que a definição de vaga para a final do SheBelieves seria nos pênaltis, Arthur Elias mandou a campo Marta e Cristiane, que entraram no lugar de Ludmila e Ana Vitória, respectivamente.

PÊNALTIS

E foi o que se deu. A partida terminou empatada graças à Sheridan, que os 49 minutos salvou sua equipe numa finalização de Yaya. Nas cobranças, Marta e Antonia não converteram e Cristiane e Tarciane marcaram. Mas não foi o suficiente para a Seleção Brasileira garantir a vaga. O Canadá venceu por 4 a 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também