Skip to content

Secretaria da Fazenda explica como resgatar os créditos da Nota Fiscal Cidadã Alagoana

Blog

Secretaria da Fazenda explica como resgatar os créditos da Nota Fiscal Cidadã Alagoana

Procedimento é feito online de forma muito simples

Pediu CPF na nota e foi contemplado com um dos sorteios da Nota Fiscal Cidadã? A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz) explica como resgatar os créditos disponíveis. Em 2024, 1965 pessoas ainda não solicitaram os créditos de sorteio, totalizando R$758.498,14 em prêmios. Para requerer o seu, tudo é feito online, pelo site oficial da campanha no endereço http://nfcidada.sefaz.al.gov.br/.

Ao acessar o link, você deve logar com a identificação de “Usuário” e senha cadastrada. No menu da janela que se abrirá após esse processo, selecione “Conta Corrente” e verifique se tem algum saldo disponível. Se houver, é só clicar em “Utilizar Créditos”. O valor mínimo de solicitação é R$15,00, e o prazo para receber é de até 30 dias úteis.

Verifique se a conta corrente ou poupança informada está correta, caso contrário, o valor da transferência será estornado com desconto do custo operacional no valor de R$1,50 para Caixa e R$3,50 para outros bancos. Para cadastrar uma nova conta, basta selecionar o menu “Sorteio”, e então clicar em “Conta Bancária”. Se você for correntista do Banco do Brasil, é preciso colocar o código de operação 000 (três zeros) para as transações bancárias.

Juliane Calheiros, chefe de Educação Fiscal da Sefaz, alerta os cidadãos a checarem suas contas após os sorteios: “É importante ficar atento e verificar sempre se há algum crédito disponível, caso o consumidor não solicite o resgate em até 1 ano, é realizada a anulação dos valores prescritos e ele acaba perdendo o prêmio conquistado”, ressalta.

A Nota Fiscal Cidadã

A iniciativa beneficia os cidadãos alagoanos, permitindo a devolução de até 10% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) recolhido. Para participar, o consumidor deve se cadastrar na campanha e solicitar o CPF na nota durante suas compras, concorrendo assim a prêmios em dinheiro.

A cada 10 notas fiscais, o consumidor recebe um bilhete, e ao compartilhar suas notas com uma instituição cadastrada, o número de bilhetes é duplicado. Essa ação contribui para que instituições sociais também sejam premiadas, possibilitando melhorias no trabalho de promoção da inclusão social para o desenvolvimento do Estado.

Por Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também