Skip to content

Sebrae capacita artesãos alagoanos sobre tendências de moda

  • Home
  • Alagoas
  • Sebrae capacita artesãos alagoanos sobre tendências de moda

Blog

Sebrae capacita artesãos alagoanos sobre tendências de moda

A variedade e a diversidade do artesanato produzido no estado está ganhando o mundo com o auxílio do Sebrae – Foto: Julio Vasconcelos

Uma tendência que vai além do estilo de roupa, mas que valoriza a sustentabilidade, que ressignifica o consumo e enaltece a identidade. Nesse contexto, o artesanato vem ganhando, cada vez mais, espaço na moda autoral. Visando incentivar a mistura entre esses segmentos, o Sebrae Alagoas realizou o evento “Tendências Globais de Moda para o Artesanato – Como integrar elementos contemporâneos no artesanato tradicional”. A ação aconteceu nesta quarta-feira, dia 22, no auditório do Sebrae.

O objetivo foi capacitar e dar uma visão estética da moda para artesãos alagoanos. Segundo Marina Gatto, gestora do programa de Artesanato do Sebrae, a ideia é trabalhar mais fortemente a arte e o artesanato, principalmente os bordados e as rendas de Alagoas, que têm história e são conhecidos mundialmente.

“Essa é a primeira iniciativa com essa abordagem, a gente quer sensibilizar tanto os produtores de moda, de moda autoral, mas também empreendedores do varejo, inclusive, para que utilizem o que a gente tem de maior riqueza cultural, de patrimônio material, como o bordado filé e a renda singeleza, que são técnicas reconhecidas nacionalmente e internacionalmente, e que Alagoas precisa se apropriar, precisa valorizar ainda mais”, explicou a consultora do Sebrae.

Cerca de 30 artesãos participaram da palestra e oficina da consultora de moda e confecção, Charlene Santos. Ela apresentou insights de como utilizar macrotendências, tendências de moda e comportamento, para o artesanato. “Essa unificação do tradicional, que traz muita cultura e ancestralidade com o contemporâneo, sem deixar de lado, obviamente, o respeito pelos artesãos e a arte deles, mas como eles podem integrar elementos que, de fato, têm potencial para para atrair novos clientes. Essa abertura permite atingir outros públicos, que por sua vez trazem novos anseios, consomem outras novidades”, afirmou Charlene.

O artesanato brasileiro se mostra cada vez mais fortalecido com mais de 8,5 milhões de artesãos espalhados por todos os estados. Os profissionais movimentam cerca de R$100 bilhões por ano, o que representa cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. E entre os artesãos brasileiros, 77% são mulheres. Em Alagoas, essa porcentagem sobe para mais de 80%.

A variedade e diversidade do artesanato alagoano está ganhando o mundo com o auxílio do Sebrae. Francisca Lessa é artesã de Penedo e lidera o grupo Pontos e Contos, que apresenta bordado livre e conta as histórias da região do baixo São Francisco através das linhas. Ela e sua arte já foram ao Nova York Fashion Week e vende produtos para fora do país com clientes em Portugal, Espanha e Estados Unidos.

“Para você ter uma ideia, eu sou engenheira agrônoma, então participar de um evento desses para mim é de extrema importância, porque começa a clarear as minhas ideias. Porque o que eu faço hoje é muito diferente, não tem nada a ver com o que eu fiz a vida inteira.”, explicou Francisca.

Para a artesã Sandra Cartaxo, que trabalha com patchwork, só com o Sebrae foi possível chegar tão longe: na maior passarela da América Latina, o São Paulo Fashion Week. “Quem diria que eu, lá no meu ateliê, que era um quarto de hóspedes da minha casa, iria participar de um evento desse porte, o maior do país. Nós só chegamos lá por causa da parceria com o Sebrae que nos levou para assistir pessoalmente o fruto do nosso trabalho”, relatou Sandra, que tem sua arte estampada nas roupas da marca FOZ, através de um intercâmbio com o designer Antonio Castro, mediado com o auxílio do Sebrae.

“Eventos como esse permitem que a gente não saia do foco e tenha respeito à contemporaneidade da moda, esteja atenta aos materiais e o que está acontecendo no cenário fora daqui. É importante o artesão estar presente nesse tipo de evento”, concluiu Sandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também