Skip to content

Saúde inicia testes para implementação de telessaúde na pediatria

  • Home
  • Sergipe
  • Saúde inicia testes para implementação de telessaúde na pediatria

Colunista

Saúde inicia testes para implementação de telessaúde na pediatria

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Fundação Estadual da Saúde (Funesa), deu início nesta quarta-feira, 10, aos testes para a implementação da teleorientação. A ação visa orientar tecnicamente sobre cuidados frente às intercorrências comuns em pediatria, como síndromes respiratórias e infecções gastrointestinais, com o objetivo de incentivar e fortalecer o acolhimento, organizar os fluxos assistenciais e garantir atendimento rápido e pertinente às necessidades de saúde das crianças, desde recém-nascidos até adolescentes de 13 anos.

Enfermeiros estarão locados na sede da Funesa, onde fornecerão orientações à população por meio de um sistema que permite que pais ou responsáveis sejam atendidos de casa, via chat ou vídeo, recebendo orientações sobre o que fazer com seus filhos. Caso necessário atendimento presencial, o serviço indicará a unidade de saúde mais próxima que possa oferecer o atendimento adequado a cada necessidade.

De acordo com a coordenadora de Tecnologias Aplicadas à Educação na Saúde da Funesa, Eneida Ferreira, o pedido da SES para a operacionalização e implementação da ferramenta foi recebido com muito entusiasmo. “Lançamos um edital de credenciamento para a contratação de enfermeiros para executar esse serviço. Também contratamos a solução tecnológica que melhor se adequaria e atenderia a essa necessidade. Assim, com a perspectiva de ampliação do cuidado em pediatria no estado e com a certeza de que será uma ferramenta e uma ação exitosas”, informou Eneida.

Maria Nadine, uma das enfermeiras que realizará os atendimentos online, destacou a importância da modernização e eficiência do atendimento em saúde. “Esse programa é um avanço para a saúde em Sergipe. Com essa triagem online, podemos ajudar a evitar a superlotação em unidades de saúde e reduzir o risco de exposição da criança a outras doenças”, explicou.

Mariana Sobral, também enfermeira da equipe de teleorientação, enfatizou a inovação da telessaúde, oferecendo um atendimento mais próximo e eficiente aos usuários. “Não há limite de atendimentos por dia. Em casos de urgência, os pacientes são orientados a procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou unidade de urgência”, ressaltou.

Avaliação dos usuários 

Letícia Moreira, dona de casa, foi uma das usuárias atendidas pela plataforma online e reconhece os benefícios da ferramenta. “Passei por um atendimento online aqui na plataforma e gostei muito da conduta. O atendimento foi bom e isso é uma melhoria para todos nós. Caso não seja possível sair de casa ou não haja transporte disponível, será muito útil e contribui para o bem-estar de todos”, revelou Letícia.

Udineia Vieira, também dona de casa e residente no povoado Leite Neto, em General Maynard, elogiou a agilidade do atendimento e acredita que isso reduzirá as filas nas unidades de saúde. “O atendimento foi bom, muito ágil. Isso vai aliviar a carga dos médicos e profissionais de saúde, com praticamente nenhuma espera. Além disso, poderá auxiliar em diversos casos, proporcionando os primeiros cuidados antes de chegar à unidade de urgência”, comentou Udineia.

Por Agência Sergipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também