Skip to content

Reiki : A Energia da Esperança

Blog

Reiki : A Energia da Esperança

Ao longo da história da humanidade, o ser humano tem buscado, de alguma forma e de acordo com a sua cultura, uma melhora interior que o capacite percorrer o seu trajeto terráqueo em direção a um estágio de aperfeiçoamento mental e espiritual em busca da felicidade.

As religiões espalhadas pelo mundo também têm servido de abrigo para aqueles que necessitam de apoio e que estão sentindo-se sós, com um vazio interior muito grande que os sufocam, transformando-os em pessoas infelizes e sem rumo. Milhares tem encontrado alento nessas instituições; outros dizem receber milagres para curas de doenças físicas através da oração levada a efeito pelos lideres religiosos.

Cada líder religioso tem suas particularidades e formas diferentes de olhar o mundo e cada uma dessas instituições tem suas normas que devem ser obedecidas para que seus seguidores possam alcançar algo. A crença, a certeza de que conseguirão o que buscam não está, muitas vezes, dentro deles, mas na vontade dos seus mestres. Outros admitem que quando acreditam na força do universo e mentalizam o que necessitam, recebem, isso é chamado de Lei da Atração. Uma sabedoria milenar ainda desconhecida para muitos.
No livro “O Segredo” a autora Rhonda Byrne transcreve dezenas de depoimentos das maiores autoridades no assunto: religiosos, filósofos, médico, mestre de Feng Shui, empresário de sucesso e diversos escritores. Abaixo transcrevemos alguns desses depoimentos:

“Tudo o que entra em sua vida é você quem atrai, por meio das imagens que mantem em sua mente. É o que você está pensando. Você atrai para si o que estiver se passando em sua mente” (Prentice Mulford).

“Hoje, enfrentamos muitos problemas. Alguns criados por nós em consequência de diferenças ideológicas, religiosas, raciais, econômicas. Entretanto, chegou o momento de pensarmos em um nível mais profundo, em nível humano, e a partir daí apreciar e respeitar essa mesma condição nos outros seres humanos. Devemos construir relacionamentos mais próximos, de confiança mútua, compreensão e ajuda. Todos queremos a felicidade e evitar o sofrimento. Todos temos o mesmo direito de ser felizes, e aí reside a nossa igualdade fundamental. Não é necessário seguir filosofias complicadas. Nosso próprio cérebro, nosso próprio coração é o nosso templo. A filosofia é a bondade “. (Dalai Lama, monge Tibetano).

“A lei da atração não se importa se você acha algo como bom ou ruim, ou se você o deseja ou não. Ela apenas reage aos seus pensamentos. Portanto, se você pensa em uma montanha de dívidas, sentindo-se péssimo em relação a isso, esse é o sinal que você está propagando no Universo”. “Eu me sinto realmente mal por causa de todas as dívidas que contraí.” Você está simplesmente afirmando isso para si mesmo. Você sente isso em cada nível de seu ser. E é disso que você vai ter mais. “Bob Doyle”.

O Mestre Jesus ensinava: “não andeis preocupados com a vossa vida, pelo que haveis de comer, nem com o vosso corpo, pelo que haveis de vestir”. “Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado.”

O cérebro e a mente estão sempre em evidencia como se fossem a fonte da felicidade. Felicidade tão sonhada cujo caminho em sua direção nos parece confuso, com vários atalhos. Para uns, ser feliz é ter dinheiro, ter patrimônio, ter poder, ter fama; Para outros, é ter saúde, paz interior, e ainda existem àqueles que se sentem felizes apenas por existirem. Acredito que através da mente imune de impurezas físicas, mentais e psicológicas pode-se chegar à perfeição.

Algum tempo atrás, absorto nas minhas reflexões, cheguei a afirmar que o cérebro era uma espécie de chip que Deus havia posto nos humanos, estando ali as respostas a todas as indagações possíveis. Hoje, divirjo de minhas próprias ilações porque assim seriamos semelhantes a robôs destituídos do livre arbítrio, atributo que nos dá condições de escolha entre o bem e o mal, entre o certo e o errado. Assim sendo, parece razoável, investirmos na pacificação de nossa mente, deixando-a livre das mazelas psicológicas e emocionais para que possamos ter uma vida saudável.

Nessa trajetória, objetivando a auto melhora, física e espiritual, cheguei a conhecer o REIKI, uma terapia japonesa que consiste em canalizar a energia cósmica para nós mesmos e para o outro, colocando as mãos sobre o corpo da pessoa que recebe com o intuito de promover bem estar físico e emocional. A diretora da revista Reiki&Yoga, Elisabeth Barnard diz que “ À medida que a ciência avança em relação ao conhecimento do nosso corpo físico , nota-se a necessidade até a obrigação de estudar o Homem como um Todo e de tratar do corpo de uma maneira holística, mente, corpo e espírito, aceitando e utilizando essa terapia energética do “mundo invisível” .

O homem, esse ser complexo, formado de corpo e espírito e ainda de um períspirito como afirma a doutrina kardecista, procura, incessantemente, saber de onde veio a que veio e para onde vai. O corpo físico e o espiritual vivem em constante conflito e esse conflito se passa na mente confusa bombardeada por infinitos pensamentos que, se perpetuados, conduz as doenças psicossomáticas e, por consequência, à infelicidade. A mente dispersa precisa ser estabilizada e ter um foco, mas, para isso, se faz necessário treinamento, dedicação e persistência. A paz interior só será alcançada quando o homem espiritual se sobrepuser ao homem material.

A caminhada na direção da espiritualidade não pode ser solitária, mas em comunhão com outros que, de forma sincera, honesta, também a busque, com o único propósito de ser melhor a cada dia, principalmente amando-se para transmitir ao próximo esse amor, um amor parceiro, conciliador, divino. Amar ao próximo como a ti mesmo é o grande desafio proposto pelo Mestre Jesus.

Daniel Goleman , em “A Arte da Meditação” diz que “ Pessoas cronicamente ansiosas ou com problemas psicossomáticos possuem um padrão específico de reação ao estresse : o corpo se mobiliza para enfrentar o desafio e não consegue parar quando cessa o problema ”, e sugere a meditação como um aprendizado para tranquilizar a mente, relaxar o corpo e desenvolver o poder de concentração.

Eu, minha esposa e meu neto, fomos iniciados no Reiki por intermédio da mestra Célia Maria de Assis O. Barbosa, que há mais de dois anos reside aqui em Penedo e trouxe essa terapia, hoje aceita em muitos hospitais no Brasil e em Portugal como coadjuvante do tratamento médico. Já tivemos a oportunidade de canalizar a energia cósmica para nós mesmos e familiares com resultados positivos. São os mistérios da vida que precisamos desbravar.

Vejo no Reiki uma possibilidade de ser um instrumento a mais na propagação da paz, não apenas a interior, mas de um grupo, da humanidade. Ter a permissão para receber e transmitir a energia cósmica com o objetivo de levar ao outro um benefício, uma melhora, ajudando-o a se livrar de incômodos emocionais, mentais e físicos, é, sem duvida alguma, uma graça concedida por Deus àqueles que se dispõem a esse serviço: receber e dar. Nenhum privilégio, apenas graça, porque a todos é destinada essa energia, que nos faz viver, porque está no ar que respiramos, na água, no fogo, no cosmo enfim.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também