Skip to content

Programa TeleNordeste alcança a marca de 9 mil consultas desde a implantação

  • Home
  • Alagoas
  • Programa TeleNordeste alcança a marca de 9 mil consultas desde a implantação

Blog

Programa TeleNordeste alcança a marca de 9 mil consultas desde a implantação

O Programa TeleNordeste, que assegura consultas especializadas na Atenção Primária, através da telemedicina, já está funcionando nos 102 municípios do Estado e contabiliza 8.934 consultas realizadas desde a sua implantação, em agosto de 2022. Criado pelo Ministério da Saúde (MS), por meio de convênio com o Hospital da Beneficência Portuguesa, de São Paulo (SP), a iniciativa já assegurou 1.397 atendimentos com endocrinologista, 1.124 com reumatologista, 932 com cardiologista, 923 com neurologista e 726 com reumatologista.

Através do TeleNordeste é ampliado o alcance da população a consultas com médicos especialistas na própria Atenção Primária, ampliando a resolutividade e acessibilidade da população. Isso porque, a partir do programa, os usuários não precisam se deslocar para grandes centros de referência para ter acesso a consultas especializadas.

Por meio do TeleNordeste, a população tem acesso a consultas especializadas que a maioria da população tem dificuldade de agendar, principalmente no interior do Estado. Dentro do programa estão previstos atendimentos nas especialidades de endocrinologia, reumatologia, cardiologia, neurologia, dermatologia, geriatria, psiquiatria, nutrição, hematologia, infectologia, pediatria e medicina da família.

“As consultas acontecem de forma online, na forma de teleconsulta, onde o médico da Atenção Primária interage com o especialista do Hospital da Beneficência Portuguesa. É a chamada consulta triangular, em que o paciente, o médico especialista e o médico da Atenção Primária conversam em tempo real”, explicou a assessora técnica da Supervisão de Ciência, tecnologia e telessaúde da Sesau, Lucia Feitosa.

Para o secretário de Estado da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, o Programa TeleNordeste é extremamente importante, pois proporciona a atuação de especialidades junto a população que reside nos municípios mais distantes das grandes cidades.

“Com a telemedicina, o paciente pode agendar uma consulta com um especialista, indicado pelo clínico-geral, e ter sua condição avaliada por um profissional capacitado, sem precisar sair da própria unidade de saúde, em que ele recebeu o primeiro atendimento, aumentando o seu conforto e bem estar, evitando deslocamento para outras localidades”, reforçou o gestor da pasta de saúde estadual.

Por Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também