Skip to content

Polícia Federal deflagra operação de repressão à crime eleitoral

  • Home
  • Policial
  • Polícia Federal deflagra operação de repressão à crime eleitoral

Blog

Polícia Federal deflagra operação de repressão à crime eleitoral

A Polícia Federal em Alagoas deflagrou, na manhã de hoje (14/03/2024) a Operação MIMETISTA, com o objetivo de finalizar a investigação sobre a conduta de um indivíduo que se apresentou à Justiça Eleitoral com quatro identidades diferentes para fins de registro eleitoral.

Equipe da Polícia Federal composta por 06 (quatro) policiais federais deram cumprimento a mandado de busca e apreensão, prisão preventiva e identificação criminal, expedidos pela 2ª Zona Eleitoral de Maceió/AL.

A investigação teve início após a Justiça Eleitoral identificar que os dados biométricos de quatro (04) pessoas eram similares, embora as documentações pessoais fossem diferentes, o que ensejou a instauração do devido Inquérito Policial pela Polícia Federal.

Após perícia papiloscópica, a Polícia Federal confirmou que a identificação biométrica, presente nos registros eleitorais dos citados indivíduos, pertence a mesma pessoa.

Durante a busca, a equipe policial localizou prendeu preventivamente o indigitado, dando-se prosseguimento no cumprimento de mandado de busca e apreensão, e, posteriormente, ao procedimento de identificação criminal autorizado judicialmente.

A inscrição fraudulenta de eleitor (art. 289 do Código Eleitoral) é crime grave, podendo o implicado ser apenado com até cinco (05) anos de reclusão.

Por fim, a Polícia Federal segue vigilante e atuando preventivamente no combate aos crimes eleitorais, principalmente neste ano eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também