Skip to content

PF registra quase 3 mil armas em Sergipe

Blog

PF registra quase 3 mil armas em Sergipe

A oportunidade para as pessoas que possuem armas de fogo, mas ainda não possuem registro chegou nesta segunda-feira, 27, com o lançamento em todo o país de mais uma Campanha Nacional de Recadastramento de Armas por meio da Polícia Federal e da Associação Nacional da Indústria de Armas e Munição. Na Superintendência da Polícia Federal em Sergipe, a informação é de que, de 2007 até este ano foram emitidos 2.710 registros entre armas antigas e novas.

De acordo com o responsável pelo setor de registro de armas da Polícia Federal de Sergipe, Adilson Rocha Duarte, em 2007 foram emitidos 396 registros de armas antigas mais 64 de armas novas. “Em 2008, 761 armas foram registradas (antigas) mais 86 novas e em 2009, foram emitidos 1.347 antigas mais 56 armas novas”, informa.

A campanha será realizada até o próximo dia 31 de dezembro e todas as armas devem ser registradas. O registro dá à pessoa o direito de possuir arma em casa, para defesa, mas não de circular pelas ruas. O cidadão deve preencher um formulário que está disponível no site da PF.

O requerimento do Sistema Nacional de Armas (Sinarm) deve ser preenchido com todos os dados e anexar documentos de identidade, CPF, título de eleitor, mais um comprovante de residência no nome do dono do armamento. “As pessoas devem fazer um pequeno histórico, comunicando como adquiriu a arma, há quanto tempo”, lembra Adilson Rocha.

A entrega deve ser feita nas superintendências de Polícia Federal, que geralmente emitem o registro num prazo de 15 a 30 dias. Não é necessário pagar taxa para fazer o cadastramento. Para quem quiser se desfazer de sua arma, continua valendo a indenização de R$ 100 a R$ 300 por unidade devolvida, conforme o calibre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também