Skip to content

Pesquisador dos Estados Unidos visita universidade para propor parcerias

  • Home
  • Alagoas
  • Pesquisador dos Estados Unidos visita universidade para propor parcerias

Blog

Pesquisador dos Estados Unidos visita universidade para propor parcerias

A missão do professor Gerald Hammond, da Universidade de Louisville, nos Estados Unidos, é visitar instituições de ensino superior do País. Ele ficará no Brasil até 19 deste mês em busca de parcerias para futuros estudos científicos na área de química orgânica, na qual se destaca como pesquisador premiado. Gerald é referência em vários países.

A Universidade Federal de Alagoas é a única instituição do Nordeste a receber a visita do professor Gerald. Na segunda-feira (4), ele conheceu as instalações do Instituto de Química e Biotecnologia (IQB), bem como as pesquisas em andamento nessa área. Além de ministrar aula no Programa de Pós-graduação da unidade acadêmcia, ele também se reuniu com a pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, Simonni Meneghetti, e a vice-reitora Rachel Rocha em busca de efetivar parceria para o desenvolvimento de estudos científicos.

Gerald Hammond visita o Brasil pelo Programa Ciência Sem Fronteiras e, além da Ufal, também conheceu as universidades federais do Rio de Janeiro (UFRJ), de Santa Catarina (Ufscar) e do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Universidade de São Paulo (USP de Riberão Preto) e Universidade de Campinas (Unicamp). A próxima visita de Geraldo será na USP de São Carlos.

O pesquisador veio à Ufal a convite da pesquisadora do IQB, Isis Figueiredo. “É a primeira vez que venho ao Brasil e estou encantado com o país. Mesmo com obstáculos, como por exemplo, a falta de recursos, o Brasil tem um grande potencial para desenvolvimento de estudos científicos. Conhecer a Ufal, significa, para mim, conhecer um Brasil autêntico, porque a instituição representa uma região com muitas dificuldades, como é o Nordeste”, enfatizou Gerald, bastante otimista, vislumbrando um futuro promissor de cooperação internacional.

Estudos científicos

Com um vasto currículo como pesquisador premiado em áreas como química de flúor e em produtos naturais e metodologias, o que fazem dele referência não só nos Estados Unidos, mas, também, em países da Europa, como a Alemanha e Espanha, na Ásia, a exemplo do Japão, e na América latina. Gerald Hammond é natural de Lima, no Peru, onde graduou-se bacharel em Ciência, na Pontifícia Universidad Católica del Peru. Fez doutorado na Universidad de Birmingham, na Inglaterra, e pós-doutorado nos EUA, país que reside há 30 anos.

Professor Gerald é autor de mais de 150 publicações e seis patentes. Sua atuação científica se estende ainda à participação a mais de 200 conferências internacionais, nacionais e regionais. Junto com seus alunos, ele é detentor de mais de 30 prêmios científicos.

Ao retornar aos Estados Unidos, o pesquisador informou que será feito um levantamento global sobre a sua visita às isntituições brasileiras para nortear as próximas atividades científicas. Mas adianta, que poderá retornar ao Brasil em novembro para participar, no Rio de Janeiro, do Congresso Internacional de Química Orgânica em Síntese. “Estou encantado com esse país, sinto-me bastante à vontade, como se estivesse em casa”, reforçou Gerald Hammond.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também