Skip to content

O Brasil Mais Homogêneo

Blog

O Brasil Mais Homogêneo

O mapa do Brasil pós eleições para Presidente em 2018 mostra qual a preferência dos eleitores por Estado. Na visualização do mapa, publicados nas mídias impressas e virtuais a partir de 29 de outubro de2018, fica nítido que o candidato do PT foi o preferido na região Nordeste, enquanto nas outras regiões a vitória foi do candidato do PSL.

Enquanto os eleitores do candidato do PSL (a maioria dos empresários estão neste segmento) discutem esses efeitos, fica em segundo plano uma análise criteriosa sobre as causas desta votação no Nordeste, considerando que nas outras regiões, o partido da extrema esquerda, o PT, vem sistematicamente perdendo cada vez mais votos , enquanto na região do Nordeste vem ganhando sempre as eleições.

Quando se olha a realidade salarial da região onde o PT ainda lidera, observa-se que o segmento de maior expressão é das pessoas que ganham até dois salários mínimos, sendo que entre estes a predominância são pessoas que ganham um salário mínimo, que independentemente do tempo de serviço na empresa em que trabalham .continuam com o mesmo salário desde as suas contratações Nas outras regiões, exceto a Norte, devido ao desenvolvimento de suas economias, o segmento dos trabalhadores que estão nesta faixa é diminuto, contrariando o discurso dos candidatos de extrema esquerda que generaliza uma pobreza generalizada no país. Não queremos insinuar que injustiça social não exista, mas não na intensidade utilizada em discurso eleitoreiro.

O Nordeste, infelizmente, destoa da realidade observada nas outras regiões, ficando mais próxima da região Norte e distante das outras, devido ao seu fraco desenvolvimento econômico, identificado pelo elevado índice de favorecidos da Bolsa Família, que se não fosse implementada, a miséria ainda seria pior na região. Some-se a esta realidade a constatação de maior incidência da maioria dos trabalhadores receberem um salário mínimo, que fornece a extrema esquerda o ambiente ideal para ter a maioria dos votos em quaisquer eleições.

Em uma rápida análise dos resultados das eleições, nota-se que o elevado percentual de votos do candidato do PSL é inversamente proporcional a quantidade de pessoas beneficiadas pela Bolsa Família, sendo esta inversão mais acentuada no estado de Santa Catarina. Esta observação sugere que, o desenvolvimento regional favorece aos candidatos de centro direita em detrimento dos candidatos que tendem mais para a esquerda, acentuando-se mais ainda quando os candidatos ficam bastante próximos destes extremos.

Fica então a pergunta: Quem deve fazer ações efetivas para que o Brasil seja mais homogêneo quanto ao desenvolvimento regional? O governo, que é o responsável constitucional, pouco ou nada realiza desde o início republicano apenas apresentando projetos isolados que dificilmente são concluídos; ou os empresários, esquecidos de que suas organizações são sociais e que com menos ganância, voltem a pensar que lucro é resultado e não fim de maior enriquecimento pessoal?

O ideal é que estas duas variáveis sejam realizadas conjuntamente, mas se uma delas for feita de maneira isolada, provavelmente nas próximas eleições não tenhamos o extremismo vivenciado, ficando, os empresários menos preocupados com os resultados, pois a tendência será o esvaziamento dos extremistas.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também