Skip to content

Novos gerentes especiais falam de desafios e compromisso com a educação de Alagoas

  • Home
  • Alagoas
  • Novos gerentes especiais falam de desafios e compromisso com a educação de Alagoas

Blog

Novos gerentes especiais falam de desafios e compromisso com a educação de Alagoas

“Eu acredito na Educação Pública. Sou fruto dela. Para mim é uma honra muito grande assumir a regional e poder contribuir para a melhoria do nosso sistema educacional, pois quando o trabalho é sério e os profissionais são comprometidos, o sucesso é garantido”. A fala emocionada de Diego Moraes reflete o comprometimento e a paixão de 13 educadores com uma história de dedicação à educação pública, e que, pelos próximos dois anos, estarão à frente de órgãos essenciais para o bom funcionamento do Sistema Educacional Alagoano: as Gerências Especiais de Educação (GEEs).

Os Gerentes Especiais Regionais foram nomeados no Diário Oficial do Estado (DOE) no dia 02 de janeiro e empossados pelo governador Paulo Dantas no último dia 16, em cerimônia no Palácio República dos Palmares. As gerências funcionam como mini representações da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) espalhadas por todo o território alagoano. Os gerentes atuam como elos de interlocução entre as escolas estaduais e a secretaria, bem como entre o Estado e as redes municipais, federal e particular de ensino.

Meritocracia

Desde 2015, o Governo de Alagoas escolhe o titular da Gerência pela meritocracia, reconhecendo os gestores escolares cujas unidades de ensino tiveram os melhores desempenhos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), seja na rede estadual ou na municipal. Os selecionados assumem a gestão das GEEs nas seguintes regiões e municípios-sede: 1ª e 13ª – Maceió; 2ª – São Miguel dos Campos; 3ª – Palmeira dos Índios; 4ª – Viçosa; 5ª – Arapiraca; 6ª – Santana do Ipanema; 7ª – União dos Palmares; 8ª – Pão de Açúcar; 9ª – Penedo; 10ª – Porto Calvo; 11ª – Piranhas; e 12ª – Rio Largo.

Gerente no biênio 2017-2019 da 7ª GEE – a Regional de União dos Palmares e Vale do Mundaú -, a secretária de Estado da Educação, Roseane Vasconcelos destaca a importância da função. “Anos atrás eu estava aqui no Palácio, recebendo o biênio 2017-2019 e assumindo o desafio de gerir a 7ª Regional graças à meritocracia. O trabalho desenvolvido por lá fez com que fosse convidada para a Superintendência de Rede da Seduc e, depois, para ser secretária de Estado da Educação. Amanhã um de vocês pode receber este mesmo reconhecimento. Agradeço aos gerentes do biênio 2021-2023 e aos que assumem o biênio 2024-2025, pois vocês são importantíssimos para a implementação e funcionamento de todos os programas da rede estadual de ensino”, afirmou Roseane em seu discurso na cerimônia de posse dos novos gerentes, que também homenageou os titulares das GEEs no período de 2021-2023.

Compromisso com a Educação Pública

Todos os 13 gerentes têm uma história de dedicação e comprometimento com a Educação Pública que se entrelaça com a sua história pessoal. É o caso de Diego, da 12ª GEE, que cresceu respirando os ares da tradicional Escola Estadual Oliveira e Silva, patrimônio educacional do Pilar. “Meu pai foi vigia da escola, eu fui estudante, professor e, depois gestor por cinco anos. Quero retribuir para minha comunidade tudo o que a Educação Pública me proporcionou”, disse.

Já a baiana de nascimento e delmirense de coração Mércia Brito construiu sua trajetória profissional no município sertanejo. Lá, ajudou a implantar o ensino integral quando foi gestora da Escola Estadual Watson Clementino de Gusmão e, posteriormente, da Escola Estadual Luiz Augusto de Azevedo Menezes. “Foi desafiador, pois propagamos a modalidade nas casas, nas rádios e mostramos à população delmirense as vantagens do ensino integral. Os resultados não demoraram a aparecer e as duas instituições registraram avanços no IDEB”, lembrou Mércia.

Nascida e criada no bairro de Fernão Velho, Taciana Gomes é veterana na função, já tendo sido gerente no biênio 2019-2021 da 13ª GEE, regional que contempla 54 escolas e 4 centros da Alta Maceió e Cepa. “Em 2019 fui escolhida gerente após gestão na Escola Estadual Maria Amália, no Rio Novo e, nos últimos dois anos, fui gestora da Escola Estadual Salete de Gusmão, no Conjunto Osman Loureiro, onde tivemos o melhor IDEB do ensino médio da regional. Retorno à Gerência mais experiente, mas com o mesmo desejo de contribuir com uma educação de qualidade e de servir à população alagoana”, declarou.

Parceria com os municípios

As Gerências Especiais de Educação desempenham um papel fundamental como elo de interlocução entre Estado e municípios alagoanos, fortalecendo os laços do Regime de Colaboração entre as redes estadual e municipais por meio de ações que incluem cessões de espaços e servidores e oferta do transporte escolar.

Presente à cerimônia de posse dos gerentes, a prefeita de Delmiro Gouveia, Ziane Costa, ressaltou que essa parceria é essencial para o sucesso da educação em todo o estado. “Precisamos estar de mãos dadas, pois quem ganha é a população alagoana. Em 2023, Delmiro recebeu uma nova escola estadual na região da Barragem Leste, o que fez com que deixássemos de perder os estudantes daquela área para o estado da Bahia. Por isso, faço questão de apoiar e prestigiar as ações da rede estadual em nosso município, pois essa parceria só traz melhorias para o nosso povo”, observou a prefeita.

Gerente da 5ª GEE, que engloba Arapiraca e mais nove municípios do Agreste Alagoano, Wanessa Padilha também ressalta a importância da cooperação entre as duas esferas educacionais. “Na nossa regional, o Regime de Colaboração é muito bem sucedido e vamos trabalhar para fortalecer esta parceria que tem dado bons frutos e é fundamental neste período em que ainda buscamos reverter as perdas educacionais que tivemos no auge da pandemia”, falou Wanessa, que, durante toda a sua trajetória enquanto educadora, trabalhou na Escola Estadual Izaura Antônia de Lisboa, de Arapiraca.

Com mais de 20 anos na rede estadual de ensino, George Sena, gerente da 7ª GEE, tem pensamento similar. “O gerente e sua equipe favorecem a criação de um elo político e institucional com todas as redes de ensino, um trabalho colaborativo que contribui para o efetivo desenvolvimento educacional de nosso estado”, pontuou George, que atuou nas escolas estaduais Rocha Cavalcanti e Carlos Gomes, de União dos Palmares.

Os gerentes

Saiba quem são os 13 titulares das Gerências Especiais de Educação:

1ª GEE – Maceió – Anne Kelly Ferreira Martins;

2ª GEE– São Miguel dos Campos – Elyda Cristina Oliveira dos Santos;

3ª GEE – Palmeira dos Índios – Claudean Vitorino Ferro Machado;

4ª GEE – Viçosa – Marcelo Francisco da Silva;

5ª GEE – Arapiraca – Wanessa Padilha Barbosa Nunes;

6ª GEE – Santana do Ipanema – Washington Roberto da Silva;

7ª GEE – União dos Palmares – George Araújo Barbosa de Sena;

8ª GEE – Pão de Açúcar – Maria Margarida Gomes da Silva;

9ª GEE – Penedo – Ana Maria Vieira Moura Melo;

10ª GEE – Porto Calvo- Aurita Simone da Rocha Souza;

11ª GEE – Piranhas – Mércia Raquel Santos Brito;

12ª GEE – Rio Largo – Diego Benedito Moraes Santos;

13ª GEE– Maceió – Taciana Gomes Ferreira da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também