Skip to content

Ministério Público equipa rádio de Centro Espirita Nosso Lar por meio de transação penal

  • Home
  • Alagoas
  • Ministério Público equipa rádio de Centro Espirita Nosso Lar por meio de transação penal

Blog

Ministério Público equipa rádio de Centro Espirita Nosso Lar por meio de transação penal

Transformar o ilícito em ferramenta do bem, em algo utilizável que leve benefícios às pessoas e possa promover grandes resultados. Na tarde dessa sexta-feira (17), o Ministério Público de Alagoas (MPAL), participou da inauguração da rádio do Centro Espírita Nossa Lar cuja montagem foi assegurada por meio de transação penal. A iniciativa e execução fazem parte do projeto “Pequenos Delitos, Grandes Transformações” de autoria dos promotores de Justiça Sandra Malta Prata Lima e Bruno Baptista.

O veículo de comunicação, que funcionará no formato rádio web, ganhou equipamentos necessários para entrevistas e gravações. O espaço tem as paredes com isolante acústico, conta com mesa adaptada e microfones de estúdio profissionais, cadeiras para locutores, entrevistados e também para quem desejar assistir in loco o desenvolvimento das atividades.

A promotora de Justiça Sandra Malta participou da inauguração e foi personagem da primeira entrevista a ser transmitida.

“Para nós será sempre motivo de grande alegria poder contribuir com entidades, órgãos públicos, organizações não-governamentais suprindo suas carências e permitindo a oferta de serviços proveitosos, com qualidade, algo bom que tenha como destinatário final o cidadão. A rádio certamente levará mensagens de paz, disseminará orientações e avisos importantes, fará a comunidade ter ciência dos seus direitos e onde buscá-los, o que está sendo ofertado a ela”, enfatiza a promotora.

O promotor de Justiça Bruno Baptista ressalta a importância do projeto beneficiando entidades solidárias e acolhedoras.

O escopo do projeto pequenos delitos, grandes transformações sempre foi propiciar um retorno direto à sociedade quando seus direitos foram violados através de crimes de menor potencial ofensivo. Embora alguns órgãos públicos com importante função social tenham sido beneficiados, a ideia é privilegiar ONGs e associações que promovam atividades com impacto social direto e relevante no contexto em que atuam. Por este motivo, sendo de conhecimento notório o alcance e importância do trabalho realizado pelo Nosso Lar, no Vergel do Lago, os participantes do projeto se sentem muito orgulhosos em poder, através do Ministério Público, realizar essa colaboração.”

Vitor Alves iniciou a inauguração com uma oração e, em seguida, fez agradecimentos ressaltando a importância da ferramenta.

“A palavra é gratidão ao Ministério Público, esse momento tem que ser muito celebrado, pois há muito desejávamos uma rádio para nos fazermos ouvir ainda mais, e não somente aqui. Fizemos um pequeno teste e ficamos impressionados com o alcance, fomos assistidos em nove países e temos certeza de que em breve estaremos colhendo bons frutos. A ideia é trazer outras unidades espíritas para participar conosco, inclusive já fiz contato com algumas oferecendo espaço e elas aceitaram o convite. A rádio será de grande utilidade e nos fará chegar longe, promovendo sempre o bem”, declara o dirigente do Nosso Lar.

Projeto

O projeto “Pequenos Delitos, Grandes Transformações” já contemplou outras instituições, inclusive já conseguiu mobiliar unidades escolares e da Segurança Pública. Ele tem como principal objetivo melhorar a estrutura de entidades sociais com valores provenientes das transações penais.

Vale ressaltar que o Ministério Público não administra os valores aplicados às penalidades, tampouco é o responsável pela aquisição dos objetos. Apenas define o que a pessoa investigada deve comprar e indica o destinatário que recepcionará o material adquirido.

Por Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também