Skip to content

IMA leva educação ambiental para mais de 800 alunos da rede pública durante FPI

  • Home
  • Meio Ambiente
  • IMA leva educação ambiental para mais de 800 alunos da rede pública durante FPI

Blog

IMA leva educação ambiental para mais de 800 alunos da rede pública durante FPI

Mais de 800 alunos da rede pública participaram das atividades de educação ambiental realizadas pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA-AL), por meio da Gerência de Educação Ambiental (Gedam). As ações ocorreram nos municípios de Jaramataia, Igaci, Craíbas, Arapiraca e Traipu, durante a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) que iniciou em 28 de abril e vai até 11 de maio.

Diversas atividades lúdicas e formativas que contemplaram, além dos alunos, cerca de 210 professores das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) Eulina Barbosa Lima, em Jaramataia, EMEB Tenente Coronel Barros Paes, EMEB Pedro Ramos Rodrigues e EMEB José Theisen, em Caraíbas, EMEB Vereador Saturnino de Almeida, em Arapiraca, EMEB Francisco Mangabeira e EMEB Agapito Rodrigues, em Traipu.

Além de oficinas ambientais, como a de produção de sabão ecológico com reuso de óleo, jogos ambientais com a participação de alunos e professores, atividades lúdicas, cine ambiental, dinâmicas de premiação e distribuição de cartilhas de prevenção e combate à dengue, mudanças climáticas e coleta seletiva também integraram algumas das ações realizadas pela Gedam nos municípios.

Ykson Emery, gerente de educação ambiental do IMA, salienta que a aceitação dos alunos aos jogos educativos tem sido bastante positiva. “A utilização de jogos didáticos voltados para a educação ambiental tem como objetivo a interação dos estudantes com o ambiente onde estão inseridos, buscando assim a preservação ambiental como um todo. O emprego de determinados jogos como estratégia metodológica é um suporte para o desenvolvimento da consciência cidadã sobre o meio”, explica o gerente.

Para as premiações são distribuídos três prêmios distintos, que têm o objetivo de dar continuidade ao aprendizado: uma aula de campo no Barco Escola do IMA, uma aula de campo no Zoológico Ecopark de Maragogi e uma trilha ecológica na reserva da Usina Coruripe. A escolha da premiação fica a cargo da secretaria municipal da cidade participante.

Os professores receberam cursos de formação sobre diversas temáticas ambientais, como mudanças climáticas, boas práticas ambientais, educação ambiental no ensino formal, manejo e orientações sobre agrotóxicos e zoonoses. Também participaram das atividades de educação ambiental a Secretaria do Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária (Adeal).

Doação voluntária de animais silvestres

Uma das ações da educação ambiental durante a FPI é o recebimento de animais silvestres por meio da entrega voluntária, onde a população pode, sem punição, entregar animais silvestres mantidos em cativeiro para que sejam reabilitados e devolvidos à natureza. Até o momento já foram devolvidos 17 jabutis e um papagaio.

Ykson destaca que a criação de animais silvestres sem a devida licença é proibida e que esta é uma forma de se alinhar à legislação. “Orientamos ao cidadão que tenha um animal em casa que realize a entrega voluntária, dessa forma não haverá nenhum tipo de punição”, conclui.

A entrega voluntária de animais silvestres é importante, pois permite que eles sejam encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), onde recebem os cuidados necessários e possam ser reintegrados ao seu habitat natural.

Por Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também