Skip to content

Fiocruz abre inscrições para curso sobre saúde global e diplomacia da saúde

  • Home
  • Brasil/Mundo
  • Fiocruz abre inscrições para curso sobre saúde global e diplomacia da saúde

Blog

Fiocruz abre inscrições para curso sobre saúde global e diplomacia da saúde

O curso em Saúde Global e Diplomacia da Saúde do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) está com inscrições abertas até o dia 16 de fevereiro, desta vez com foco em atualidades. Constituído por 25 seminários quinzenais on-line, o curso tem o objetivo de discutir e refletir sobre os principais desafios políticos, sociais, econômicos e ambientais que afetam a saúde em nível global e regional, com ênfase na América Latina, Caribe e nos países de língua portuguesa. As aulas começam em 21 de fevereiro.

O curso terá a duração de 75 a 80 horas, com os seminários (aulas-painel) sendo realizados às quartas-feiras, de 10h às 13h (horário de Brasília), a cada 15 dias e com tradução simultânea em português, espanhol e inglês. Para se inscrever, é preciso preencher e enviar a ficha anexada ao edital à coordenação do curso, pelo e-mail cursocris2024@fiocruz.br . O prazo para as inscrições é até 16 de fevereiro.

Segundo o coordenador do Cris/Fiocruz, Paulo Buss, este ano o curso é de atualidades. Além de ser de atualização, terá foco nos acontecimentos no momento em que ocorrem. “Os seminários vão olhar para a agenda internacional”, explica Buss. “Por exemplo, nossa primeira aula será sobre a agenda da saúde global 2024 da [Organização Mundial da Saúde] OMS que está sendo discutida esta semana em Genebra, na Suíça”. O próximo seminário, acrescenta Buss, já se voltará para acontecimentos no Sul global.

Os seminários terão a participação de especialistas e autoridades – nacionais e internacionais – que explicarão tanto a conjuntura mais ampla do assunto quanto a da saúde, possibilitando uma compreensão total do quadro. “O aluno vai trabalhar sobre os fatos, trazendo para quem participa do debate a compreensão conjuntural, a compreensão em torno do que está acontecendo nesse fenômeno da saúde global ou nas negociações da diplomacia da saúde”, diz Buss.

O curso tem como público-alvo profissionais de nível superior e estudantes das áreas da saúde, diplomacia e relações internacionais, ciências humanas, sociais e afins, assim como lideranças da sociedade civil que atuem ou desejam atuar com o tema. Um certificado de conclusão será emitido para cada participante que estiver presente em 75% dos seminários. O curso é uma atividade do Centro colaborador da Opas/OMS para a diplomacia da saúde global e para a cooperação Sul-Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também