Skip to content

Espanha condena três à prisão por insultos racistas contra Vini Jr.

Blog

Espanha condena três à prisão por insultos racistas contra Vini Jr.

É a primeira sentença do tipo proferida no país (Foto: Reuters)

Em decisão inédita na Espanha, três torcedores foram condenados à prisão por insultos racistas proferidos contra o jogador brasileiro Vinicius Jr. De acordo com a La Liga, entidade responsável pelo Campeonato Espanhol de futebol, os réus foram considerados culpados por crime contra a integridade moral com agravante de discriminação por motivos racistas. A condenação foi anunciada nesta segunda-feira (10/6).

Os torcedores foram condenados a oito meses de prisão e pagamento dos custos do processo. Além disso, também ficarão banidos por dois anos de estádios que receberem jogos organizados pela La Liga ou pela Real Federação Espanhola de Futebol. Por meio de rede social, o ministro do Esporte, André Fufuca, celebrou a decisão: “Dia histórico para o futebol! Em uma sentença inédita, três torcedores do Valência, que cometeram insultos racistas contra Vini Jr, foram condenados a 8 meses de prisão e banidos por 2 anos dos estádios. Vamos lutar pela paz no esporte e permanecer vigilantes contra a violência”.

O crime de racismo foi cometido por torcedores do Valencia durante partida contra o Real Madrid, time em que Vini Jr atua, em maio de 2023. Na ocasião, o Governo Federal se posicionou sobre os recorrentes episódios de racismo contra o jogador brasileiro.

Em uma rede social, Vinicius Jr. agradeceu e comemorou a sentença. “Como sempre disse, não sou vítima de racismo. Eu sou algoz de racistas. Essa primeira condenação penal da história da Espanha não é por mim. É por todos os pretos. Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Caso contrário, estarei aqui para cobrar.”

 

Fonte: Agência Gov

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também