Skip to content

Campanha “Bloco do Disque 100” para proteção de crianças e adolescentes é divulgada em trio elétrico

  • Home
  • Brasil/Mundo
  • Campanha “Bloco do Disque 100” para proteção de crianças e adolescentes é divulgada em trio elétrico

Blog

Campanha “Bloco do Disque 100” para proteção de crianças e adolescentes é divulgada em trio elétrico

O ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida, participou do trio elétrico Pipoca de Saulo, em Salvador (BA), onde reforçou as ações de divulgação da campanha do “Bloco do Disque 100 – Respeito, Cuidado e Diversão na Avenida”, iniciativa que tem como objetivo combater violações comuns no período do carnaval, como trabalho infantil e abuso sexual.

Realizada pelo MDHC, por meio da Assessoria Especial de Comunicação Social e da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, a campanha de alcance nacional envolve também a mobilização de outras personalidades, a divulgação de vídeos, postagens nas redes sociais, e a distribuição de um spot para ser transmitido nas emissoras de rádio.

Em conversa com a imprensa antes de subir no trio, o ministro Silvio Almeida ressaltou que o carnaval é um momento de festa e alegria. “Precisamos afirmar nossa cultura com respeito e cuidar das crianças. Estamos aqui para dar este recado: respeitar as pessoas também é Carnaval”, disse o ministro.

Já em cima do trio do cantor Saulo Fernandes, embaixador da ação, o ministro falou para o público presente. “Carnaval é festa da alegria. É festa que a gente confirma a nossa brasilidade. Nós somos um povo que, apesar de todo o sofrimento, somos capazes de nos organizar e fazer a maior festa do planeta”, exaltou.

“Alegria é também lugar de dar recado. O recado que a gente quer dar aqui hoje, é que a gente tem que respeitar as pessoas, respeitar principalmente as crianças e adolescentes nesse país. Então o carnaval é festa da alegria, e a alegria é coisa que a gente cultiva nas crianças e adolescentes em nosso país”, disse Almeida.

O artista Saulo Fernandes e o ministro incentivaram as pessoas a denunciarem casos de violações de direitos humanos contra crianças e adolescentes por meio do canal da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos. “Disque 100, que é o disque para denúncias em casos de violações de direitos humanos”, ressaltou Saulo, que foi apoiado pelo ministro: “Se alguém vir alguma coisa errada, alguma violação de direitos humanos, alguém sendo atacado, Disque 100!”.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos do estado da Bahia, Felipe Freitas, também compareceu no trio.

Após acompanhar a Pipoca de Saulo, o ministro participou da tradicional saída do grupo Olodum, no Pelourinho, ao lado do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, e de outras autoridades.

Alcance nacional

A campanha do MDHC irá percorrer várias cidades brasileiras com a mensagem de respeito e cuidado na avenida. Materiais como adesivos, camisetas, leques e cartazes foram produzidos pelo Ministério, com o apoio de parceiros como o Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome (MDS).

Na última semana, o secretário nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Cláudio Vieira, concedeu entrevista ao programa Voz do Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação, em que compartilhou a mensagem.

A campanha foi apresentada a todos os presentes na assembleia ordinária do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), e parte do material foi entregue aos conselheiros, que vieram de diferentes estados para a reunião: Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro. Em São Paulo e no Distrito Federal, além dos membros do Conanda, outros gestores do Ministério farão a distribuição das peças.

Crianças e adolescentes

A campanha do MDHC escolheu focar no público infantojuvenil para a campanha de carnaval em 2024 devido ao alto número de denúncias registradas pelo Disque 100. Do total das 430 mil denúncias recebidas pelo canal em 2023, mais de 50% foram referentes a violações de direitos humanos de crianças e adolescentes, um número expressivo e preocupante.

A campanha visa combater diversas violações comumente ocorridas contra essa faixa etária, como violência sexual, venda e uso de álcool e outras drogas por crianças e adolescentes, trabalho infantil e negligência dos pais e casos de crianças desaparecidas durante o Carnaval.

Disque 100

O Disque 100 é o canal de denúncias de violações de direitos humanos da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH). O serviço é gratuito e funciona ininterruptamente, 24h por dia, todos os dias da semana, inclusive feriados, e pode ser acionado pelo site oficial, pelo telegrama e pelo WhatsApp (61) 99611-0100.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também