Skip to content

Câmara de Maceió vai investigar ataques homofóbicos contra vereador

Blog

Câmara de Maceió vai investigar ataques homofóbicos contra vereador

Os ataques homofóbicos sofridos pelo vereador Rodolfo Barros, após repercutir em suas redes sociais um caso semelhante vivido por um atleta, serão investigados pela Procuradoria da Câmara Municipal de Maceió (CMM). A determinação foi dada pelo presidente da Casa, vereador Galba Netto, depois que o parlamentar revelou que ficou abalado com as agressões sofridas.

“Toda a estrutura da CMM está à sua disposição. E fazemos questão de pegar cada comentário e repassá-los à Procuradoria para que tome as medidas e encaminhe às autoridades competentes, para que os culpados sejam punidos com rigor”, disse Galba.

A posição de Galba ocorreu após o próprio Rodolfo lembrar que seu posicionamento era, justamente, para combater o preconceito. O parlamentar lembrou que ele próprio já havia sofrido cancelamentos em suas redes sociais ao postar fotos ao lado de seu companheiro.

“São pessoas assim que matam e são capazes de matar. Precisamos assumir esse papel. Não quero assumir um papel militante. Mas esse parlamento tem o papel de dizer que homofobia é crime, seja pobre, rico, branco, se inclusive é gay. Quem quer que seja. Se cometeu crime de homofobia tem que ser responsabilizado”, afirmou Rodolfo Barros.

O vereador disse ainda que respeita todas as pessoas com quem convive e, principalmente, que nunca procura saber nada sobre suas vidas particulares. Barros também reafirmou sua fé cristã que acabou sendo questionada nas redes sociais.

Fonte: CMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também