Skip to content

Bope comemora 33 anos com série de atividades

Blog

Bope comemora 33 anos com série de atividades

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) fez aniversário nesta terça-feira (7). São 33 anos de ações voltadas ao combate da criminalidade e que visam garantir uma maior segurança à população. Para comemorar essa data tão especial, uma série de atividades foram planejadas para acontecer ao longo da semana.

Na tarde desta terça-feira, uma exposição montada pelo Batalhão chamou a atenção da população que passava pelo Calçadão do Comércio, no Centro de Maceió. Além de poderem observar de perto a viatura, as armas letais e não-letais utilizadas pela tropa, as pessoas também puderam assistir a exibição de um vídeo institucional e à demonstração de obediência de cães que fazem parte do canil do Bope — formado atualmente por 30 cães das raças Labrador, Pastor Alemão e Roteweiller.

O estudante José Ryan dos Santos Teixeira, 17 anos, que caminhava pelo Centro, parou para prestigiar a exposição. Ele deu nota 10 ao trabalho realizado pelos integrantes do Bope e destacou que não é fácil manter o respeito em meio a tanta violência. “Eles conseguem manter a paz e o respeito aonde chegam, e conseguir isso, em uma sociedade dividida entre o bem e o mal como é a de hoje, não é nada fácil. Eles estão de parabéns”, afirmou o jovem.

De acordo com o comandante do Bope, major Marcos Sampaio, o combate ao narcotráfico, as incursões nos sistemas prisionais e o apoio às unidades operacionais são as principais ações realizadas pelo Batalhão, formado por 130 homens em trabalho efetivo, além dos que estão de férias, em licença e servindo à Força Nacional. Tércio Cappello

“Ao longo desses anos, nós já tiramos vários traficantes de circulação, realizamos diversas incursões em presídios para garantir a tranquilidade e realizar revistas no local, além de garantirmos o apoio às unidades operacionais”, destacou o major.

Ele atribui o respeito da população para com o Bope ao controle rígido e disciplinar existente no Batalhão. Para fazer parte da tropa não basta ser policial militar, tem que possuir um perfil adequado. “Nós realizamos uma seleção mais apurada. O policial que quer entrar para o Bope é avaliado o tempo todo. Depois que entra, qualquer ato de indisciplina é punido severamente”, contou o major Sampaio.

A pequena Maria Beatriz de Oliveira, 10 anos, que passava pelo Calçadão do Comércio juntamente com a mãe e a tia, parou para fotografar os cães das raças Labrador e Pastor Alemão que seguiam à risca as orientações do policial militar, sem se intimidarem com a grande quantidade de pessoas que pararam para observá-los.

“Eu sou louca por cachorros e achei eles lindos. Nunca tinha visto a apresentação dos cães do Bope de perto, só por meio de um DVD do Bope que eu tenho em casa”, disse Beatriz, enfatizando que quer ser veterinária quando crescer.

O servente de pedreiro Jailson dos Santos, 35 anos, parou para observar as armas não-letais expostas pelo Bope. “Eu ia passando e essa movimentação me chamou a atenção. Eu nunca tinha visto o Bope por aqui e parei para olhar o que era. Eles realizam um trabalho muito bonito. É um policiamento de ação. Eles são muito respeitados”, disse.

Também como parte da programação de aniversário, o Bope realizou, na manhã desta terça-feira, uma operação que abrangeu a área do 4º Batalhão. Veículos de pequeno porte, coletivos e locais com grande concentração de pessoas foram alvos de revistas realizadas pelos militares. “Nós queremos dar uma sensação de segurança às pessoas”, afirmou o major Sampaio.

A exposição do Bope no Calçadão do Comércio continua até a próxima sexta-feira, sempre de 13h às 18h. Nesta quarta-feira, os policiais que fazem parte do Bope vão participar de uma corrida, que sairá às 8h do Quartel Geral da PM em direção ao Batalhão de Operações Policiais Especiais. Tércio Cappello

A meiga Maria Beatriz ficou fascinada pela beleza dos cães do grupamento

Na quinta-feira, será realizada uma partida de futebol, no Complexo do Pontal da Barra; na sexta-feira, será realizada uma formatura que terá apresentação do emprego tático e do canil e homenagens a autoridades e militares. As atividades em comemoração aos 33 anos do Bope serão encerradas na sexta-feira, com um almoço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também