Skip to content

Setembro Amarelo: Campanha que Valoriza a Vida

  • Home
  • Blogs
  • Setembro Amarelo: Campanha que Valoriza a Vida

Blog

Setembro Amarelo: Campanha que Valoriza a Vida

Este mês é formado por várias campanhas com intuito de ajudar ao próximo, uma das mais especiais é o famoso setembro amarelo, campanha criada com o intuito de informar as pessoas sobre suicidio. Mesmo com tantos casos notórios, crescentes a cada ano, ainda existem uma expressiva barreira para falar sobre o tema. Segundo dados recolhidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 800 mil pessoas tiram a própria vida todos os anos, sendo 75% destes indivíduos moradores de países de baixa renda e média renda. Estima-se que no mundo acontece um suicidio a cada 40 segundos.

Estimasse que o suicídio seja a segunda principal causa de morte entre jovens com idades entre 15 e 35 anos, nesta estimativa, afirma-se que todos os dias pelos menos 32 brasileiros tiram suas próprias vidas. Com políticas eficazes de prevenção, esses números poderiam ser evitados e reduzidos, pois muito se pode fazer observando os sinais que claramente são postos por alguém que passa por depressão. O principal objetivo desta campanha é conscientizar sobre a prevenção, alertando a população a respeito da realidade da prática no Brasil e no mundo. Sabemos que a melhor forma de se evitar um suicidio é através de diálogos e discursos que abordam o problema de forma eficaz, tendo em sua maior parte orientados por um profissional de psicologia, pois o acompanhamento é mais que necessário.

Ao observar alguém deprimido ou angustiado, sem vontade de viver, é fundamental buscar ajuda o mais rápido possível. Existem alternativas ao suicídio e buscar o auxilio adequado é o primeiro passo, por isso o acompanhamento médico e psicológicos são as maneiras mais eficazes de tratamento. As pessoas que pensam em suicídio normalmente estão tentando fugir de uma situação da vida que lhes parece insuportável, buscando o alivio por culpas, sentimento de vitimação, rejeição e solidão extrema. Para ajudar uma pessoa com comportamentos suicidas, é fundamental procurar ajuda especializada, mas pode também aliar cuidados como: ouvir, demonstrar empatia, ser afetuoso, dar apoio quando necessário, levar a situação a sério e buscar apoio psicológico. Valorize o agora, valorize a vida!


Centro de Valorização da vida: ligue 188

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também