Skip to content

Será que o ginásio do Sesi ainda continua longe?

  • Home
  • Blogs
  • Será que o ginásio do Sesi ainda continua longe?

Blog

Será que o ginásio do Sesi ainda continua longe?

Desde quando aqui cheguei, em meados de 1997, que o comodista torcedor de Penedo, sempre super-dimensionou o fator distância, para que as competições esportivas da nossa cidade não pudessem, ou não viessem a acontecer no Complexo Desportivo do Sesi, dotado de uma infra-estrutura que nenhuma outra praça de esportes do nosso “Principado” possui.

Com o passar dos anos e com as péssimas condições das demais localidades, o único caminho para que as mesmas acontecessem, passou a ser aquele local. Provas de natação, Jogos Estudantis da Primavera e competições/torneios de futsal e futebol de campo, passaram a ser disputados por lá, sempre com um bom público prestigiando.

Diante dessa verdade, é que vem o meu questionamento: O Sesi ficou longe, ou nos adaptamos ao novo momento com muita facilidade, deixando de lado o conservadorismo e principalmente, o comodismo, tão típicos em todos nós?

Tudo bem, se você me perguntar se quero assistir um jogo no Sesi, ou ao lado da minha casa, lógico que optarei pela proximidade do meu lar. Todavia, essa acomodação não pode impedir que competições aconteçam na melhor praça de esportes da nossa urbe, que é, indiscutívelmente, o Sesi.

Hoje, durante a disputa da Copa Penedense de Futsal, o enorme número de desportistas que se deslocam até aquela localidade, me impressiona. Os torcedores vão de carro, de moto, de bicicleta e até à pé.

Será que a carência que temos da prática do desporto amador na nossa cidade, é tamanha, que seria ela a responsável por todo esse movimento. Ou deixamos o marasmo e o comodismo de lado, entendendo que um bom espetáculo, quase sempre acontece nos melhores palcos? Creio que estejamos caminhando para essa nova realidade. Ainda mais, se levarmos em conta as precariedades e o acanhamento do Raimundinho, boa quadra de esportes para os idos 70/80/90 apenas, a falência do ginásio estadual Pe. Manuel Vieira, que graças ao desleixo e irresponsabilidade dos nossos governantes, chegou ao quadro de penúria atual. Isso sem contar que as demais alternativas, também deixam muito a desejar, em termos de conforto nas acomodações e instalações.

Portanto, nos restou ainda, uma ótima alternativa que é o Sesi. Torçamos muito, para que a manutenção seja contínua naquele local, pois e caso contrário, ficaremos orfãos de lugares qualificados e à mercê do vandalismo de futuros marginais que, com certeza, aumentarão em progressão geométrica na nossa cidade, nos anos vindouros.

Portanto, nos resta torcer para que as futuras gerações se inspirem no esporte e na educação, deixando a droga de lado. Só assim, poderemos ter uma sociedade bem melhor para os nossos filhos e netos.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também