Skip to content

Penedense: Demorou, mas as chaves apareceram. Até que enfim!

  • Home
  • Blogs
  • Penedense: Demorou, mas as chaves apareceram. Até que enfim!

Blog

Penedense: Demorou, mas as chaves apareceram. Até que enfim!

Após decorrerem quase vinte dias da eleição e posse da nova diretoria do Penedense, seus dirigentes conseguiram receber as chaves da sede social do clube. A diretoria anterior, sob a justificativa que ainda restava fechar o balanço financeiro do exercício 2011, permaneceu com ela por todos esses dias.

Contando com a conivência da diretoria recém-eleita e empossada, causou-me uma certa estranheza esse fato. Se todos da antiga diretoria já sabiam, de forma bem antecipada, a data da eleição do time Centenário das Alagoas, porque não agilizaram esse tal balancete e entregaram de imediato essas referidas chaves ao novo presidente e seus companheiros de chapa?

Para piorar as coisas, tomamos conhecimento por um dirigente da nau alvirrubra, que até a documentação que se encontrava arquivada em um computador que existe na secretaria do clube, tinha sido deletada do mesmo. Para sorte dos atuais governantes, inocentemente, os antigos gestores deletaram essas informações mas as deixaram na lixeira do dito cujo. Pura sorte.

Em relação ao balanço de todo o material esportivo utilizado pelo clube nessa temporada, um preciso levantamento ainda está sendo feito e posteriormente será divulgado. Acreditamos que devam ter deixado uma boa parte do mesmo, apesar de termos conhecimento que poucas bolas restaram para o começo das atividades nessa pré-temporada.

Talvez os serviços de reformas que estão acontecendo na sede social do clube, localizada na Praça Clementino do Monte, pudessem ter sido iniciadas um pouco antes, mas devido ao fato da demora na entrega dessas chaves, nada pode ser feito anteriormente.

Esperamos que os novos dirigentes, sempre correndo contra o tempo, logrem êxito na árdua empreitada dos cargos que assumiram, pois obstáculos dessa natureza se tornam despropositais, desnecessários e inoportunos. Mais uma vez: boa sorte Farley e seus companheiros de luta!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também