Skip to content

O projeto Estante Itinerante de Livros gera aprendizado à crianças de escola municipal em Penedo

  • Home
  • Blogs
  • O projeto Estante Itinerante de Livros gera aprendizado à crianças de escola municipal em Penedo

Blog

O projeto Estante Itinerante de Livros gera aprendizado à crianças de escola municipal em Penedo

Nas fases iniciais da educação das crianças, a leitura é uma das ferramentas mais poderosas das quais dispomos para interação com o ambiente e também para a nossa compreensão de mundo. Nesse sentido é necessário que a criança se familiarize com livros desde o seu primeiro ano de vida, seja em casa ou no ambiente escolar, por meio da contação de histórias e depois da alfabetização infantil, a literatura, para que estimule diferentes habilidades nas crianças. Os livros apoiam o desenvolvimento da linguagem, a ampliação de vocabulário e a criatividade, fornecendo à criança uma rica oportunidade de crescimento intelectual por meio da leitura.

Na cidade de Penedo, mais precisamente na Escola Municipal de Educação Básica Profº Douglas Apratto Tenório, localizada no bairro Santo Antônio, popularmente conhecido como (Barro Vermelho), oferece a seus alunos uma biblioteca itinerante, de forma lúdica, causando no aluno uma vontade extrema de ter o contato com os livros. A ideia nasceu da forma que o atual diretor Maciel Pinheiro tem de reciclar para gerar utilidade em algo que para muitos não tem, preservando assim o meio ambiente, foi após comprar uma nova cama que o mesmo pensou como reutilizar a estrutura daquela que já poderia ir para o lixo, ao limpar ela toda, percebeu que ela parecia uma estante, e foi assim que com uma ideia ele fez a Estante Itinerante de Livros.

No primeiro momento, Maciel contou com a ajuda de um colaborador da escola, pintando, montando, seu projeto começou a tomar cor, porém, o mesmo percebeu a necessidade dela poder se deslocar facilmente de sala em sala onde os alunos estivessem, e foi assim que o mesmo teve a ideia de colocar rodinhas, podendo então deslocar-la para qualquer lugar na escola. Como podemos ver, o simples ato de reciclar faz o educador gerar um contato mais íntimo e lúdico, oferecendo a leitura como forma de aprender brincando. Ao passar os meses foi perceptível o avanço daqueles alunos que tinham contato com o projeto, a fala, o aprendizado, a leitura, tudo visto em sala de aula com educadores que de forma humanizada fazem o seu melhor pela educação. Parabéns ao educador Maciel Pinheiro e a todos que fazem esta estimada escola, assim como vocês, EU ACREDITO NA EDUCAÇÃO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também