Skip to content

Alagoas garante conquista histórica com vacinação da aftosa

  • Home
  • Alagoas
  • Alagoas garante conquista histórica com vacinação da aftosa

Blog

Alagoas garante conquista histórica com vacinação da aftosa

Novo status sanitário permite a movimentação de bovinos entre Alagoas e os demais estados (Foto: Adeal)

O Governo de Alagoas celebra uma conquista histórica para o estado e, em especial, o setor agropecuário. De acordo com a Agência de Defesa de Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal), a etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa – realizada no período de apenas 15 dias no mês de abril – obteve uma cobertura de 94,7% do rebanho alagoano.

Segundo o órgão estadual de defesa agropecuária do estado, estavam aptos a serem vacinados na etapa de abril bovinos e bubalinos de todas as idades e que compõem um plantel superior a 1,3 milhão de animais.

O percentual atingido por Alagoas supera o índice mínimo exigido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) de 90% e reforça a consagração nacional de Alagoas como zona livre da febre aftosa sem vacinação, por meio da portaria Mapa de nº 678, de 30 de abril de 2024.

O novo status sanitário, concedido pelo Mapa, permite a movimentação de bovinos entre Alagoas e os demais estados que também migraram para a zona livre nacional de febre aftosa sem vacinação, evitando prejuízos financeiros para os criadores sem a restrição de trânsito de animais para eventos agropecuários, por exemplo, além de movimentar a economia do estado.

“Alagoas passa por um verdadeiro momento histórico, que serve como um divisor de águas para a nossa agropecuária. A conquista da zona livre da febre aftosa sem vacinação e do índice de cobertura vacinal acima da meta foram vitórias da união do Governo do Estado, que teve o comprometimento pessoal do governador Paulo Dantas; setor produtivo – presente em todo este processo com a participação direta do presidente da Faeal, Álvaro Almeida e da ACA, Domício Silva, além do Ministério da Agricultura, em Alagoas, por meio do superintendente Jorge Marques e diretoria: Celso Barros e Sônia Lages. É importante reforçar também o empenho dos servidores da Adeal e destacar, principalmente, o envolvimento do criador alagoano que fez seu papel, vacinando o rebanho e declarando”, destacou o presidente da Adeal, Marco Albuquerque.

Declaração

O prazo para que os criadores de bovinos e bubalinos pudessem fazer a declaração da vacinação dos animais foi encerrado, na quarta-feira, dia 15 de maio, tendo sido realizada de forma presencial nos escritórios da Adeal ou virtual pelo sistema sidagro-produtor.

Oportunidade

A Adeal informa que os criadores que não conseguiram adquirir vacina na etapa de abril, por falta do insumo, poderão solicitar a isenção da penalidade em uma das unidades da agência de defesa agropecuária. A medida faz parte da Portaria Adeal nº 225, de 15 de maio de 2024, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE);

Para que o criador seja elegível à isenção da penalidade, ele deve comparecer a uma das unidades da Adeal até o dia 15 de junho de 2024, para efetuar a atualização cadastral e assinar um modelo de Declaração de Responsabilidade.

Fonte: Adeal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também