Skip to content

Adolescentes do sistema socioeducativo de Alagoas participam de projetos científicos

  • Home
  • Alagoas
  • Adolescentes do sistema socioeducativo de Alagoas participam de projetos científicos

Blog

Adolescentes do sistema socioeducativo de Alagoas participam de projetos científicos

Adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em unidades de internação do Estado estão participando de projetos científicos que estimulam a criatividade e o empreendedorismo. A iniciativa da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) visa desenvolver talentos e criar novas perspectivas para o futuro dos adolescentes que entraram em conflito com a lei.

Os projetos são desenvolvidos pelo setor pedagógico da Superintendência de Medidas Socioeducativas (Sumese) da Seprev, com o apoio do professor Paulo Madeiro, que há vários anos acompanha os adolescentes com atividades complementares ao ensino regular. As oficinas incluem palestras sobre robótica, lançamento de foguetes construídos com garrafas PET, jogos de tabuleiro, como xadrez e mancala, entre outros desafios.

“A ideia é incentivar os adolescentes a explorarem as suas ideias, além de apresentar conceitos da ciência de forma prática e aplicada. As palestras sobre robótica, por exemplo, são um estímulo para que eles possam empreender nessa área e criar seus próprios projetos. Já com o lançamento do foguete, nós buscamos sair das quatro paredes da sala de aula e mostrar de forma prática conceitos científicos como a terceira Lei de Newton, física aplicada e matemática”, explica o professor.

Para o socioeducando B., de 16 anos, o que mais chamou a atenção foram os componentes, circuitos e funcionalidades de sistemas autônomos que conheceu nas palestras de robótica. Ele conta que já tinha vontade de trabalhar com eletrônicos e que a oficina abriu um novo leque de possibilidades.

“Me interesso muito pela área de eletrônica, de tecnologia e tenho vontade de trabalhar com isso após a conclusão da medida. As palestras de robótica abriram a minha mente para novas possibilidades e no futuro posso até montar meu próprio negócio na área. Esse é só o primeiro passo”, comentou o adolescente.

Transformação

O superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, Otávio Rego, ressalta que os projetos científicos vêm consagrar o trabalho realizado pelo Governo de Alagoas no atendimento a jovens e adolescentes em conflito com a lei.

“Nos últimos anos, o Sistema Socioeducativo de Alagoas passou por mudanças significativas em sua estrutura e na sistemática utilizada nesse atendimento. Hoje contamos com uma infraestrutura de excelência e um trabalho fundamentado na educação, na capacitação profissional e na criação de oportunidades para esses adolescentes. É um trabalho bem executado, que fez de Alagoas uma referência para vários estados do Brasil”, afirmou Otávio Rego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também