Skip to content

Acidente de carro em Pernambuco mata ex-jogador do Penedo-AL

  • Home
  • Esporte
  • Acidente de carro em Pernambuco mata ex-jogador do Penedo-AL

Blog

Acidente de carro em Pernambuco mata ex-jogador do Penedo-AL

Pouco menos de três meses e meio depois do acidente que matou dois jogadores do Brasil de Pelotas no Rio Grande do Sul (o atacante uruguaio Claudio Milar e o zagueiro Régis) e um dia após a morte do zagueiro Alisson, do Salgueiro-PE, outro acidente numa estrada brasileira provocou a morte de um jogador de futebol. Desta vez foi o volante Jardel, de 25 anos, do Central de Caruaru (PE).

O acidente ocorreu na BR-232, na descida da Serra das Russas, em Pombos, Zona da Mata pernambucana, na noite desta segunda-feira, e mais três jogadores ficaram feridos: o lateral-esquerdo Adeíldo, que estava no mesmo carro que Jardel, e o atacante Cláudio e o meia Heider, que estavam em outro veículo. O estado de Adeíldo, segundo o site do jornal “A Folha de Pernambuco, é grave.

Jardel Gomes da Silva tinha 25 anos, e havia sido contratado do Penedo-AL. De acordo com as primeiras informações por telefone dadas por Cláudio, que ainda estava atordoado, segundo o site do “Jornal do Commercio”, um ônibus teria colidido com os carros em que eles estavam.

No entanto, informações posteriores da Polícia Rodoviária Federal confirmaram que o acidente envolveu três caminhões e três carros de passeio. Jardel estava em um Corsa com o lateral Adeíldo, de 29 anos, que ficou preso às ferragens. Cláudio e Heider, que estavam em outro veículo, pegaram uma carona com um caminhoneiro para Recife.

Heider foi levado ao hospital pelo lateral-direito Russo, ex-Vasco, também do Central, que estava no Recife.

– Ele me ligou e pediu para que eu os buscasse lá com o caminhoneiro, mas quando cheguei, um amigo do Cláudio já estava lá e o levou para outro hospital. Então eu peguei o Heider e o trouxe às pressas para cá (Hospital da Restauração). Ele disse que estava sentindo muitas dores e que não conseguia andar sozinho – contou Russo à “Folha de Pernambuco”.

Russo informou que o estado de saúde de Cláudio é o menos grave dos três companheiros feridos. Mas o estado de saúde de Adeíldo é grave. Segundo o site, durante o resgate se ouviam gritos do lateral pedindo socorro. O lateral-esquerdo, que estava ao lado de Jardel no banco da frente do carro, ficou preso nas ferragens. O médico do Corpo de Bombeiros, Ricardo Lemig, que ajudou a retirar o atleta do carro, informou que o atleta sofreu fraturas múltiplas no tórax e traumatismo craniano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Mais Comentadas

Veja Também