06 Abril 2021 - 18:45

Especialistas alertam sobre a importância da atividade física para melhor qualidade de vida

Desde a idade juvenil até a terceira idade, a atividade física é importante para a saúde, para a qualidade da memória, funcionamento do organismo, controle do peso e da obesidade infantil, ajuda no equilíbrio das taxas de gordura na corrente sanguínea, auxilia no controle da hipertensão arterial, reduz o risco de doenças cardiovasculares, entre outros benefícios. A neurologista do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho, Larissy Lima, explica a importância da atividade física na prevenção do Acidente Vascular Cerebral (AVC).

“Estudos mostram que uma a cada quatro pessoas terá um AVC ao longo da vida, o que é preocupante, mas isso pode ser mudado, pois 90% dos casos de AVC podem ser evitados com controle de fatores de risco como a pressão alta, diabetes, colesterol alto, arritmias cardíacas, obesidade, tabagismo, etilismo, estresse e sedentarismo. Por isso, já está mais que provado que a atividade física é uma forte aliada para a saúde do corpo e da mente. Vale ressaltar que indivíduos ativos têm seu risco de AVC diminuído se comparado com os sedentários”, ressaltou a neurologista.

O cardiologista do Hospital João Alves, Renato Mesquita, reforça que a atividade física é um bom caminho para cuidar do coração. “Em geral, as pessoas só lembram de cuidar do coração quando ele está doente, fato que causa muita preocupação entre nós cardiologistas, por isso temos feito um trabalho muito grande de educação com a geração que ainda não está doente, que é essa geração saúde que cuida do corpo, o que está muito na moda hoje. Portanto, exercício físico, dormir e comer bem é o aconselhável para ter boa saúde”, declarou.

Desde cedo, muitos pais incentivam as crianças na prática esportiva e isso é fundamental para criar um adulto saudável. Pediatras recebem diariamente nos consultórios crianças e adolescentes acima do peso, como explica a coordenadora da unidade pediátrica do Hospital João Alves, a médica Cristiane Barreto.

“É necessário evitar a obesidade. Para isso, é importante que os pais incentivem as crianças à prática esportiva ou evitem que elas fiquem em frente à televisão, computador e celular por muito tempo. Muitas crianças já comem errado porque ficam paradas lanchando o tempo inteiro e não se exercitam. Os esportes como natação, karatê, brincar, correr, jogar bola, são atividades que fazem bem à saúde e ao desenvolvimento saudável da criança”, concluiu a pediatra.

por Agência Sergipe

Comentários comentar agora ❯