27 Outubro 2009 - 14:20

Senado vai cortar salário de 70 servidores

Os 70 servidores do Senado que não fizeram o recadastramento anual terão os salários cortados. Os cortes serão nos vencimentos de funcionários que nem ao menos iniciaram o recadastramento, que terminou ontem (26). O corte será feito até que se descubra a localização do funcionário e o porquê do não preenchimento do questionário. A informação é do primeiro-secretário da Casa, Heráclito Fortes (DEM-PI).

Ele disse que o Senado dará mais 15 dias de prazo a outros 350 servidores que começaram a responder – mas não concluíram – ao recadastro.

“Os que não iniciaram o processo de recadastramento após 60 dias de prazo terão, a partir de hoje, os salários suspensos. Vamos ver o que aconteceu com cada um deles, porque realmente a situação é estranha”, disse.

Segundo ele, há suspeita de que entre esses 70 nomes estejam pessoas que já morreram ou que sejam e até funcionários fantasmas.

“Se não aparecem, estão recebendo e não tomaram nenhuma iniciativa de regularizar a situação, pelo menos, [saber] se eles não são fantasmas, [se] estão fantasmas”, afirmou. “Não podemos demitir. Agora, cortar os salários de quem não comparece podemos sim e é o que vamos fazer a partir de hoje”, completou.

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯