21 Fevereiro 2010 - 08:54

Arruda é denunciado por falsidade ideológica pelo MPF

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma nova denúncia contra o governador licenciado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido).

De acordo com o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e com a subprocuradora-geral da República, Raquel Dodge, Arruda praticou falsidade ideológica ao inserir informações falsas em quatro documentos entregues à Justiça, declarando o recebimento de dinheiro do ex-secretário de governo do Distrito Federal Durval Barbosa.

Segundo o MPF, os documentos apresentados pelo governador afastado atestam o recebimento de R$ 20 mil em 2004, R$ 30 mil em 2005, R$ 20 mil em 2006 e de R$ 20 mil em 2007. Na denúncia, consta que os documentos foram elaborados, impressos e assinador por Arruda em 28 de outubro de 2009 e, em seguida, rubricados por Durval Barbosa e entregues a PF em 30 de outubro. Na ocasião, Durval declarou não ter doado ao governador tais quantias.

Arruda foi flagrado em um vídeo no qual aparece recebendo dinheiro de Durval. Segundo o governador afastado, o dinheiro teria como destino a compra de panetones a serem doados a pessoas carentes.

 

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯