16 Dezembro 2009 - 09:14

Kátia perde na justiça e Tereza Nelma continua presidenta do PSB-Maceió

A presidenta da Executiva Estadual do PSB, Kátia Born, perdeu pela terceira vez na justiça sua tentativa de cassar o mandato da vereadora Tereza Nelma na presidência do PSB de Maceió. O juiz convidado do Tribunal de Justiça, Celyrio Adamastor Tenório Accioly recusou novamente um recurso contra a liminar concedida à Tereza Nelma pelo juiz da 7ª Vara Cível, José Afrânio dos Santos Oliveira. Kátia queria a retratação da decisão ou sua remessa ao colegiado, mas perdeu.

“A Kátia continua desinformando os filiados do PSB e a sociedade, afirmando que o Congresso, realizado no sábado, seria ilegal. Isso é falso. Uma decisão judicial me reconduziu ao cargo, do qual fui afastada por um golpe, que violou grosseiramente o Estatuto e o Regimento do PSB. Reuni o Diretório que convocou o Congresso de acordo com o Estatuto. Mais do que isso, nosso Congresso teve legitimidade. Por que a Kátia não organizou sua chapa e ganhou no voto?”, questiona a vereadora Tereza Nelma.

A presidenta do Diretório Municipal, reeleita em um Congresso que contou com a participação de mais de 600 filiados, acrescenta que a “Kátia está falando por ressentimento pessoal, pois ainda não reuniu a Executiva para tratar de suas derrotas. Vários membros do Diretório Estadual estiveram lá. Toda a direção estadual foi convidada. Queremos a unidade. Queríamos que o deputado Sextafeira falasse sobre a política do PSB para 2010, mas ele não foi. O Reinaldo Falcão, membro da Executiva Estadual e do Diretório Nacional, fez uma bela exposição. E nos incentivou a continuar. Até o candidato a presidente da República do nosso partido, Ciro Gomes, enviou uma mensagem desejando êxito”, conta Tereza Nelma.

Estiveram também presentes no Congresso do PSB vários dirigentes de entidades sociais, e representantes partidários, como o deputado Judson Cabral, vice-presidente; o vereador Paulo Corintho, presidente do PDT de Maceió; e o presidente estadual do PCB, Diógenes Paes.

O professor doutor e escritor Sávio Almeida, que falou sobre os novos rumos da esquerda em Alagoas, disse que “vocês precisam ter cuidado com a legalidade. Mas eu, como analista político, estou me lixando para essa legalidade. Partido de esquerda tem o papel de realizar mudanças. A resistência de vocês é um das coisas mais importantes que estão ocorrendo, um movimento que desperta esperança na esquerda alagoana. Vocês estão defendendo o direito de todos os militantes construírem as políticas, que hoje já vêm prontas de dirigentes que só buscam forças para se sustentarem nos cargos públicos. Essa “legalidade” tem que mudar”.

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯