10 Abril 2010 - 09:17

Ronaldo Lessa participa de inauguração e critica governo

Pedro leal

A cidade de Jaramataia, no sertão de Alagoas, ganhou nesta sexta-feira (09) sua estação de piscicultura. A obra, que contou com o apoio do governo federal, através do DNOCS (Departamento nacional de Obras Contra a Seca), foi inaugurada na manhã desta sexta-feira e terá capacidade de produzir cerca de 5 milhões de alevinos por ano.

A solenidade teve a participação do diretor geral do DNOCS, Elias Fernandes Neto,do ex-governador de Alagoas,Ronaldo Lessa, do deputado federal Maurício Quintela, do coordenador do DNOCS em Alagoas, Paulo Maia, além de autoridades municipais e estaduais. Ao todo são 10 tanques para criação de tilápia, que serão administrados pela coordenadoria do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas no Estado.

Elias Fernandes Neto, disse que a obra é um marco, pois até poucos anos atrás não existiam obras do DNOCS no Nordeste.

“O DNOCS estava sucateado e o presidente Lula o reativou para benefício da população sertaneja. Hoje são quatorze obras em andamento só no estado de Alagoas, sendo que doze delas estarão prontas ainda este ano e as outras duas no início de 2011. Essas obras consumirão cerca de R$2 bilhões em recursos do PAC.

Já o ex-governador do estado, Ronaldo Lessa (PDT), não poupou críticas ao governo estadual. “O DNOCS foi um presente do governo do presidente Lula ao povo nordestino. Falo pelo meu povo, pelos alagoanos. É uma pena que este governo que aí está não sabe, ou não quer, usufruir de todo o potencial do DNOCS para trazer emprego e renda ao já tão sofrido povo do sertão de Alagoas”, disse.

Para ele, não será Jaramataia que se beneficiará com a estação de piscicultura, mas sim toda a região sertaneja. “Essa estação só vem beneficiar toda a região sertaneja, pois ela conta com salas de aulas para treinamento e atualização dos jovens da região, benefício que pode gerar emprego e renda a todo o sertão de Alagoas”, afirmou o ex-governador

Para o deputado federal Maurício Quintela (PR), a obra reflete a preocupação e o empenho do presidente Lula no desenvolvimento do Nordeste:

“O presidente Lula sempre se mostrou muito preocupado com a situação do povo sertanejo e essa obra mostra claramente o empenho dele na solução dos problemas enfrentados diariamente pelas famílias que vivem no sertão nordestino”, afirmou.

A obra leva o nome de José Ailton Nogueira Mota, numa homenagem póstuma ao ex-prefeito de Monteirópolis, cidade vizinha a Jaramataia, recentemente morto em um acidente de automóvel.

 

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯

  • tereza VAMOS LÁ RONALDO AGORA COM MAIS FORÇA,DEPOIS Q O PREFEITO DE PENEDO AXONEROU TDS OS FUNC. CONT.,COM.E CARROS LOTADOS VC TEM MAIS CHANCE NESSA CAMINHADA.AVANTE RONALDO.
  • joao fora seu mentiroso, pior governador de alagoas!!