09 Junho 2021 - 15:07

Ministério Público arquiva denúncia de “fura-fila” em vacinação da Covid-19 em Penedo

Divulgação
Município de Penedo tem sido referência na vacinação

O Ministério Público de Alagoas, através da 3ª Promotoria de Justiça, arquivou o procedimento preparatório instaurada com vista a apurar denúncia anônima sobre antecipação de vacinação por cidadão penedenses que supostamente estavam fora dos grupos prioritários elencados pelo plano nacional de imunização.

De acordo com o órgão, após diligências efetuadas junto ao Secretário de Saúde de Penedo, Guilherme Lopes, para verificar os critérios que designariam as pessoas citadas com o devido direito à vacinação, e troca de informações com outros secretários de saúde, de outros municípios, a denúncia foi julgada improcedente.

“Após as diligências e troca de informações a respeito do objeto com outros dois Secretários de Saúde, bem como a Promotora Coordenadora do Núcleo de Defesa da Saúde Pública (NUDESAP) concluí por improcedente a denúncia on line, tendo em vista que os supostos agentes que se anteciparam à vacinação estavam enquadrados na interpretação do comitê de combate à COVID”, diz trecho do despacho assinado pelo promotor Eládio Pacheco Estrela e publicado na edição desta terça, 08, do Diário Oficial do Ministério Público de Alagoas.

Diante da improcedência da denúncia, o órgão determinou o arquivamento do procedimento preparatório.

Vacinação em Penedo

É importante ressaltar que o município de Penedo tem sido referência na vacinação. O boletim divulgado nesta terça, 08, mostrou que mais de 30% da população que faz parte do público-alvo da campanha de vacinação contra a Covid-19 já recebeu a primeira dose, quantidade que supera, inclusive a média nacional.

Veja o despacho do MP na íntegra:


 
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯