11 Abril 2021 - 17:39

Agricultura: safra recorde deve colher 273,8 milhões de toneladas de grãos

Banco de imagens
A soja e o milho lideram a produção brasileira de grãos

A produção brasileira de grãos deve superar, pela primeira vez na história, os 270 milhões de toneladas. O 7º Levantamento da Safra 2020/21, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostra que a produção de grãos está estimada em 273,8 milhões de toneladas, crescimento de 6,5% sobre a safra passada.

“O crescimento dessa safra foi expressivo, 6,5% ou 16,8 milhões de toneladas em relação à safra anterior. De onde vem isso? Um primeiro ponto, tivemos aumento de 3,9% da área cultivada”, explicou o diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sergio De Zen.

Com o crescimento de 3,9% na área total de plantio da Safra 2020/2021, a previsão é alcançar 68,5 milhões de hectares. Esse total conta com 20 milhões de hectares que vêm das lavouras de segunda e terceira safras e as de inverno, que ocuparão a pós-colheita da soja e do milho primeira safra.

A Conab elevou em 1,5 milhão de toneladas a estimativa de produção de grãos em relação ao 6° levantamento, divulgado no mês passado.

Grãos em destaque
A soja e o milho têm contribuição importante na estimativa de crescimento da Safra 2020/2021. “Esses dois grãos respondem pela grande maioria na produção brasileira das safras anuais. Por que isso acontece? Ao contrário do arroz, do feijão, que são produtos finalísticos, a soja e o milho estão presentes em outros tipos de alimentos que chegam à mesa do consumidor brasileiro e mundial”, detalhou Sergio De Zen.

O Brasil é o maior produtor mundial de soja. Nessa safra, o produto deve alcançar novamente um volume de produção recorde estimado em 135,5 milhões de toneladas. Isso representa um crescimento de 8,6% em relação à safra anterior.

A previsão para o milho é de atingir 109 milhões de toneladas com crescimento de 6,2% sobre a produção passada. O Brasil produz milho em três safras por ano. De acordo com a Conab, serão 24,5 milhões na primeira safra, 82,6 milhões na segunda e 1,8 milhão na terceira safra.

Demais culturas
A soja e o milho lideram a produção brasileira de grãos, seguidos por arroz, trigo, feijão e algodão (pluma).

Considerando as três safras de feijão, é esperado crescimento de 2% na produção, chegando a 3,3 milhões de toneladas. A estimativa da Conab é que a produção de arroz tenha redução de 0,8% no comparativo com a safra anterior, somando 11,1 milhões de toneladas.

O plantio do trigo deve ser intensificado a partir do próximo mês e já sinaliza uma produção de 6,4 milhões de toneladas. Para o algodão, a estimativa de produção é de 6,1 milhões de toneladas do produto em caroço, correspondendo a 2,5 milhões de toneladas de pluma.

Exportações
A previsão da Conab é que a exportação de soja atinja volume recorde da série histórica. A estimativa é de venda de 85,6 milhões de toneladas para o mercado externo, aumento de 3% em relação à safra anterior. O resultado poderá ser alcançado em razão da demanda internacional ainda aquecida.

por Conab

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.