24 Setembro 2009 - 22:55

Baixo São Francisco terá monitoramento ambiental reforçado

Divulgação

Os 208 km da região do Baixo São Francisco, que compreende dez municípios alagoanos, terão maior fiscalização ambiental. O reforço nas atividades é resultante de convênio firmado entre os governos estadual e federal, que garantiu a concessão de três veículos para o monitoramento da região e a destinação de R$ 70 mil para financiar as ações ao longo do rio.

Nesta quinta-feira (24), o governador Teotonio Vilela Filho recebeu das mãos do representante da presidência do Ibama Victor Kaniak, as chaves dos veículos que vão circular de Piaçabuçu a Delmiro Gouveia, monitorando e atendendo as denúncias feitas por meio do telefone 0800 82 1523.

Teotonio Vilela salientou que seu governo é feito de parcerias e avaliou este convênio com o Ibama como de extrema importância por assegurar a preservação ambiental no Baixo São Francisco. “A parceria solidifica nossa ideia de desenvolvimento sustentável. Acredito que é possível alcançarmos o desenvolvimento econômico, respeitando o meio ambiente”, ressaltou o governador.

Segundo Kaniak, o Ibama pretende reforçar os trabalhos em conjunto entre estados e municípios para atuar de forma mais homogênea no combate ao desmatamento das matas ciliares e da poluição do Rio São Francisco. “Nossa intenção é revitalizar o rio e com este convênio, esse objetivo será alcançado mais rapidamente, intensificando as ações de fiscalização do governo federal”, destacou.

A diretora-presidente do Ibama em Alagoas, Sandra Menezes, explicou que as ações de fiscalização vão se basear no combate às queimadas nas matas ciliares, a piscicultura no lado sergipano do rio, o assoreamento e contra a poluição. Sandra Menezes ainda ressaltou que o monitoramento também compreende um trabalho de educação ambiental e de orientação aos infratores.

As viaturas entregues nesta quinta-feira serão distribuídas entre o Instituto do Meio Ambiente (IMA), Ibama e Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA). De acordo com o presidente do IMA, Adriano Augusto de Araújo Jorge, duas viaturas ficarão com a fiscalização do órgão e atenderão mais rapidamente as denúncias feitas do 0800 82 1523.

Adriano Augusto ainda lembrou que outros equipamentos serão adquiridos para auxiliar na cobertura do Baixo São Francisco. “Por meio da base instalada na APA da Marituba, as ações terão um reforço ainda maior. Laptops, GPS e demais equipamentos vão mapear e varrer melhor a área”, frisou o diretor-presidente do IMA.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯