10 Abril 2021 - 11:04

Exposição retrata do dia a dia do trabalho dos bombeiros em Brasília

Delicadeza e sensibilidade obtidas por meio da transparência de cores, que, na maioria das vezes, são suaves. Essas são algumas das características da pintura em aquarela. Mas, para transmitir a emoção e a força do trabalho executado pelos bombeiros de Brasília, a artista por paixão, Luiza Aguirre, teve de subverter alguns desses conceitos. Em vez de cores delicadas, os tons são quentes, como o vermelho e o alaranjado. Em vez de pequenas telas, as obras são grandiosas. Tudo para retratar, em 50 quadros, o dia a dia de profissionais que têm como rotina a vida e a morte.

O fruto de dois anos de trabalho da médica que se tornou artista plástica pode ser conferido na exposição “CBMDF: Ação e Arte”. A mostra vai até o dia 16 e faz parte da programação especial em comemoração aos 61 anos de Brasília.

Nas obras, o público pode conferir um pouco do cotidiano dos militares do Corpo de Bombeiros: ações de resgate, a tragédia em Brumadinho e até o trabalho de auxílio na doação de leite materno (os bombeiros são alguns dos responsáveis pela coleta do leite). “Procurei colocar a minha emoção e a força e coragem desses militares nessas pinturas. Quem vê essa exposição vê um desfile de coragem, desprendimento, ajuda e civilidade”, revela a artista.

Exposicao no Centro de Atendimento ao Turista na Praca dos 3 Poderes, mostra rotina dos bombeiros pintada em aquarela.
Exposição mostra rotina dos bombeiros pintada em aquarela. - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

“É uma honra ver o trabalho da nossa corporação em um local tão simbólico para a capital do país. A exposição apresenta ao público aquarelas figurativas nas quais evidencia a luta diária dos bombeiros e bombeiras que atuam no CBMDF. A artista conseguiu representá-la com beleza e poesia”, avalia o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), coronel Willian Augusto Ferreira Bomfim. 

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯