25 Agosto 2009 - 07:38

Detran suspende processos por abandono de emprego

Adailson Calheiros
Segundo Antonio Sapucaia, corte nos salários dos grevistas vai continuar

O diretor-presidente do Detran, Antonio Sapucaia, suspendeu nesta segunda-feira (24) a abertura de processo por abandono de emprego contra os servidores que continuam em greve. O corte dos dias não-trabalhados, porém, vai continuar, alertou Sapucaia.

“Nós entendemos que o processo por abandono de emprego, que poderia resultar em demissão de servidores, seria uma medida muito dura, além de um processo prolongado”, disse Sapucaia. “Mas o desconto dos dias parados já foi feito e vai continuar. Quem não trabalha não pode ser remunerado, e temos convicção de que esta paralisação é ilegal”.

O corte dos dias não-trabalhados atinge 183 servidores (cerca de 40% do quadro total de pessoal do Detran) que aderiram à greve na capital e no interior. Eles receberão os salários de agosto, no fim deste mês, já com o desconto dos dias não-trabalhados apurados desde o início da greve, dia 3 de agosto, até o último dia 20, quando a folha salarial de agosto foi fechada.

Foram também computadas, e serão descontadas, as faltas ocorridas no dia 29 de julho, quando servidores abandonaram o atendimento ao público para participar de uma assembleia na sede do órgão, no Pontal.

O desconto das faltas que ocorrerem a partir de 20 de agosto será procedido nos salários de setembro.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯