Blog da Juventude

Blog da Juventude

Por Willian Nelson

Postado em 23/08/2021 09:48

Incêndio de grandes proporções devasta 60% da vegetação em São Paulo

Google
Incêndio de grandes proporções devasta 60% da vegetação em São Paulo
O Parque teve 60% da vegetação de cerrado devastada pelo fogo.

Um incêndio de grandes proporções no Parque Estadual do Juquery, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, foi provocado pela queda de um balão, na manhã deste domingo (22). O Parque tinha ao menos três focos de incêndio, segundo Walkiria Zanquini, tenente do Corpo de Bombeiros, mais de 1.200 hectares, ou seja, 60% da vegetação já foi queimada.Em sua fala, a tenente explica que é uma ocorrência complexa e que exige muito trabalho manual, já que os caminhões de água não conseguem entrar em alguns trechos do parque.

“É um trabalho de formiguinha, com bombeiros usando bombas costais, um equipamento que leva mais de 20 litros de água nas costas”, afirma a tenente do Corpo de Bombeiros. Segundo a prefeitura, todos os focos se deram pela queda deste balão. Tempo seco e calor favorecem para a propagação das chamas. Neste final de semana se totalizaram 2.360 chamados para incêndio em vegetação na região Metropolitana de São Paulo, dado muito preocupante.

A Defesa Civil e brigadistas voluntários estão no local para combater as chamas, mas devido o relevo do parque e o vento forte, há muita dificuldade neste trabalho. O helicóptero Águia da Polícia Militar também atua para o atendimento de combate. Possuindo quase 2 mil hectares de área, com vegetação de cerrado no Parque Estadual do Juquery, fica entre os municípios de Caieira e Franco da Rocha, na Grande São Paulo.

Comentários comentar agora ❯

  • Rosely É triste saber sobre esses incêndios, algumas pessoas deveriam tomar mais cuidado com esses balões, é um risco muito grande.
Postado em 20/08/2021 00:31

O alvorecer de uma Estrela

Willian Nelson - Divulgação
O alvorecer de uma Estrela
Beatriz é mais uma estrela Penedense.

Olá gente, hoje ao invés de falar sobre mais um jovem empreendedor, falarei sobre uma jovem que vem ganhando espaço através da música. Uma Penedense que em sua infância cantou em igrejas da nossa cidade. Partiu de um berço musical o amor pela música, pelo instrumento e notavelmente pelo canto, pois sob direção do pai aprendeu a tocar violão e ao cantar foi notada por alguns músicos da cidade que imediatamente lhe convidaram para se apresentar em suas respectivas bandas, foi assim que Beatriz Barbosa começou a ser conhecida por seu talento em Penedo e região.

A jovem logo foi convidada para cantar em uma petiscaria muito famosa da cidade, seu show foi casa cheia e neste momento nascia mais uma estrela Penedense. Como toda jovem de sua idade procurou fazer faculdade, escrita no curso de Fisioterapia, residindo em Aracaju, mesmo assim não se deixou levar pela fase acadêmica mas continuou a marcar presença em shows e marcou as redes sociais com suas composições e canções. Ao receber convites de outros artistas do mundo da música, a jovem foi à Paraíba e com seu carisma e voz, marcou sua passagem e logo deu frutos por lá.

Hoje Beatriz Barbosa tem contrato assinado com a maior editora de compositores do Brasil, que tem sua sede na cidade de Fortaleza, tendo também assessoria musical pela GM Music. Essa jovem Penedense por onde passa leva com respeito e amor o nome de Penedo, demonstrando um afetuoso carinho por seu lugar. Ouviremos falar muito desta estrela que iniciou seu brilho em nossa cidade, e hoje começa a encantar o Brasil. Parabéns Beatriz Barbosa, é como sempre afirmo: “Devemos sempre dar valor a prata da casa, aos filhos de Penedo”, que seu futuro seja próspero no mundo da música, pois a estrela só começou a brilhar.

 

Comentários comentar agora ❯

  • Rosely História muito bacana parabéns pelo seu talento, muito mais sucesso pra vc.
  • Rosely Parabéns Beatriz pelo sucesso Deus te abençoe.
Postado em 17/08/2021 21:08

Abandono Afetivo: O dever do cuidado e a responsabilidade civil

Willian Nelson - Divulgação
Abandono Afetivo: O dever do cuidado e a responsabilidade civil
Live acontecerá às 20h no meu perfil: Willian Nelson.

Pelo artigo 227 da Constituição Federal, bem como o artigo 4º do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990), atribui aos pais e responsáveis o dever geral de cuidado, criação e convivência familiar de seus filhos, bem como de preservá-los de negligencias, discriminação, violência, entre outros. Mesmo com o devido amparo jurídico, muitos "pais" abandonam essa atribuição de cuidar e provimento de seus próprios filhos. Não há como obrigar um pai a amar seu filho, mas nossa legislação assegura aos filhos o direito de ser cuidado.

Muitos pais que negligenciam ou são omissos quanto ao dever geral de cuidado, podem responder judicialmente por terem causado danos morais aos seus próprios filhos. Um exemplo de abandono afetivo ocorre quando o responsável não aceita o filho e demonstra expressamente seu desprezo em relação a ele. Em uma decisão recente, na qual um pai foi condenado a indenizar filha por abandono afetivo, o desembargador do TJDFT destacou que “Amar é uma possibilidade; cuidar é uma obrigação civil”.

Foi pensando em trazer informação com credibilidade, que decidi convidar a Dra. Izabelle Araújo, Psicóloga, para nesta quarta-feira (18), realizar uma live abordando esse assunto. Falaremos sobre os traumas que tanto as famílias quanto os envolvidos passam, e como todo esse problema pode ser resolvido. Dessa forma, lhe convido a logo mais às 20h em meu instagram assistir e participar desta troca de conhecimentos, deixarei o link do IG abaixo, espero todos lá. Até breve!!

Instagram: @williannelsonof
 

Comentários comentar agora ❯

  • Geraldo Argolo Bom dia! Tema muito interessante para ser discutido, eu parabenizo ao Aqui Acontece pela contratação deste jovem. Estão de parabéns, e a você Willian Nelson, você é grande rapaz, vai voar alto. Obs: Você poderia fazer essas lives no perfil do site, veja com seus dirigentes é uma boa jogada. Abração!
Postado em 16/08/2021 10:00

Open Banking: Entenda como vai funcionar essa nova ferramenta financeira no Brasil

Google
Open Banking: Entenda como vai funcionar essa nova ferramenta financeira no Brasil
O sistema permitirá integrar todos os dados em uma rede única.

Até o final de 2021, o Banco Central pretende implementar o “Open Banking no Brasil”, o termo em inglês faz referência ao “Sistema Financeiro Aberto”. Os dados de clientes são padronizados e compartilhados para que os produtos e serviços bancários atendam às necessidades e compartilhados para que os produtos e serviços bancários atendam às necessidades do público de forma personalizada. Com a devida autorização expressa do cliente, que decide compartilhar os dados, com quem e por quanto tempo, segundo o Banco Central, a integração pode melhorar a avaliação de crédito e estimular a competição no sistema financeiro, com produtos mais adequados e mais baratos.

Sob um conceito simples, é possível facilitar a concessão de crédito, estabelecendo taxas mais certeiras ao perfil de risco do tomador do empréstimo. Servirá também para comparação dos serviços entre as financeiras, custo de seguros, rentabilidade de investimentos e dos demais produtos bancários. Este serviço visa criar produtos e serviços sob medida e com preços mais atrativos para necessidade do cliente, com base nos dados de consumo, renda e transações financeiras.

O cliente terá o acesso a quais consentimentos estão válidos, para quais instituições compartilhou os dados e quais informações, de fato, foram enviadas pela instituição financeira. Por meio dos canais digitais, as financeiras participantes vão disponibilizar um ambiente para que a pessoa tenha controle das permissões. Mesmo com tanto estudo sendo apresentado referente o tema, especialistas em segurança digital, pede aos usuários que reforcem os cuidados em relação às transações bancárias por aplicativos ou sites. Mesmo com o avanço chegando, é sempre bom tomar cuidado.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 13/08/2021 11:29

Empreendedorismo Juvenil: Após vencer barreiras, jovem abre seu espaço de Estética e Cosmética em Penedo

Vanessa Soares- Divulgação
Empreendedorismo Juvenil: Após vencer barreiras, jovem  abre seu espaço de Estética e Cosmética em Penedo
Sua persistência foi crucial para realização deste sonho.

Olá gente! Hoje trago mais uma bela história, dessa vez falarei sobre Vanessa Soares, uma jovem Penedense que aos 17 anos de idade foi morar em Aracaju, e aqui que tudo começa. Ao mudar-se para Aracaju, logo se adaptou a nova morada, pois tinha sempre consigo uma forma de bem se resolver e decidida naquilo que tinha como real meta na vida. Passou no vestibular, conseguindo uma vaga para o curso de Fisioterapia, mas logo trocou de curso, optando pela escolha de Estética e Cosmética. É uma área que define o cuidado, bem estar, auto estima, dentro deste mundo a jovem Vanessa já se via atuando como profissional, e entre sonhos e certezas a paixão por este mundo só crescia.

As dificuldades, indecisão e medo, sempre estiveram constantes, mas sua fé a deixava firme no propósito de cumprir aquela meta, que havia pré estabelecido. Sempre tendo o apoio dos seus pais, de sua família, viu que a dificuldade poderia ser apenas um obstáculo, e que o mesmo sempre foi vencido. Ainda no curso, a ideia de abrir seu próprio estúdio foi grande e persistiu por muito tempo, até que chegou a hora de fazer estágio, e logo guardou a ideia. Iniciou a trabalhar no Studio Wave, fazendo estágio, após a universidade, corria para o grupo de pesquisas, e assim após o término de seus estudos, a vontade que estava guardada, retornou com mais força que antes.

Então decidiu por retornar a Penedo, aplicou suas economias como parte de um investimento para abrir sua sala, e após muito sacrifício, choro, trabalho, ela conseguiu. Abriu sua sala no Espaço Transformar com o nome de Vanessa Soares, Estética e Cosmética. Trazendo para Penedo, um espaço com terapias integrativas, com inúmeros benefícios, oferecendo condição de beleza a todos os públicos. O espaço também oferece estética facial e corporal, um lugar para se sentir bem consigo e com sua beleza. Parabéns Vanessa Soares, que sua história de garra e persistência, seja um motivador de outros jovens Penedenses.

Endereço do Studio: Rua Nova, nº 186, Bairro: Santa Luzia
Instagram: @vanessasoaresesteticista

 

 

Comentários comentar agora ❯

  • Israel Ferreiar Conheço bem essa história ,ela merece. Parabéns Vanessa !
Postado em 10/08/2021 15:43

Vícios de linguagem podem custar uma vaga de emprego no Brasil

Google
Vícios de linguagem podem custar uma vaga de emprego no Brasil
A leitura pode corrigir tanto a escrita quando o falar.

Os vícios de linguagem são expressões ou construções linguísticas contrárias às regras da gramática normativa. Esses vícios ocorrem devido à falta de atenção do enunciador ou de seu desconhecimento da norma culta, seja durante a fala ou a escrita. Foi realizado um levantamento no primeiro semestre de 2020,por profissionais de RH de quatro grandes empresas no Brasil, nota-se que 68% dos entrevistados não conseguem passar da primeira fase de um processo seletivo devido a sua baixa pontuação, seja comportamental ou escrita.

Para além da língua escrita, a oralidade também precisa estar adequada, pois falar equivocadamente mancha a imagem durante entrevistas ou dinâmicas de grupo. Dependendo do caso, tropeços do portugês, seja oralmente, seja por escrito, podem levar à eliminação de um processo seletivo. Se expressar com vícios, seja na escrita de uma redação ou na fala, pode ser fatal e custar aquela vaga de emprego tão sonhada. Nas plataformas digitais temos o tão famoso “corretor”, mas na vida real, somos nós que nos corrigimos, aplicamos os acertos e conseguimos a melhor forma de expressão na linguagem.

Esses erros são igualmente perigosos, colocam em risco não só a sua reputação, mas apresentam a empresa que este colaborador não está pronto para tal função. Por isso, podem contar pontos (negativos) para uma contratação, é o que revela Daniela Araújo, gerente de RH da consultoria Véli, em Brasília. Dependendo da empresa, consideram a língua escrita um quesito eliminador até para vagas operacionais. Neste período de desemprego em alta, os candidatos a uma vaga de emprego devem ter disposição para leitura, escrita com correção, pois sabe que este é um valioso ponto positivo em tudo, seja na empresa, seja num concurso ou até mesmo na vida social.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 09/08/2021 09:51

Programa de Estágio “Pontapé’’ vai capacitar mais de 700 jovens em Alagoas

Seplag-AL
Programa de Estágio “Pontapé’’ vai capacitar mais de 700 jovens em Alagoas
Oportunidade de crescimento e desenvolvimento no meio profissional.

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), está capacitando jovens e adultos aprovados no Programa de Estágio Pontapé. O objetivo é estimular a integração, fomentar a troca de conhecimentos sobre a gestão pública e capacitá-los para o início das jornadas de trabalho em órgãos estaduais. O coordenador de Formação do Pontapé, Hugo Felipe da Silva, conclui que essa é uma excelente oportunidade de formar esses alunos e dar uma base para que ingressem no Poder Executivo entendendo o funcionamento e as principais ferramentas que passarão a fazer parte do dia-a-dia de cada um deles.

Essa capacitação tem duração de uma semana e está reunindo turmas com 80 alunos por vez, aborda temáticas que buscam engrandecer e motivar futuras experiências dentro do governo. O momento não é só de vivência no meio público, se torna também uma experiência única por poder proporcionar a estes jovens a oportunidade de conhecer profissionais que obtiveram sucesso na carreira tendo o estágio como ponto de partida.

De acordo com o coordenador de Formação do Pontapé, a meta é capacitar nesses próximos meses os mais de 700 aprovados no programa, desenvolvendo nos participantes competências socioemocionais imprescindíveis ao mundo do trabalho e, ainda, fomentando políticas públicas pautadas em diversidade, equidade e inclusão. “Com essa capacitação e as experiências que serão vividas no setor público, vamos ajudar esses jovens e adultos a construírem, junto com a gente , um futuro cheio de oportunidades”, explica o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabricio Marques Santos.

 

Comentários comentar agora ❯

  • Rosely Que notícia maravilhosa mais uma oportunidade para jovens e adultos aproveitarem e ñ deixar passar, parabéns William essa matéria é muito importante vai ajudar muitas pessoas.
Postado em 06/08/2021 11:12

Projeto Mãos que Abraçam: Levando cuidado e amor a quem mais necessita

Projeto Mãos que Abraçam - Divulgação
Projeto Mãos que Abraçam: Levando cuidado e amor a quem mais necessita
Um gesto concreto de amor ao próximo.

Em nossa querida cidade de Penedo, as causas solidárias também são levadas a sério, seja por meios públicos ou por entidades não governamentais, que surgem com o propósito de diminuir ou cessar a dor do outro. Essa prática de compaixão pelo próximo é uma camada do amor divino no ser humano, que ao ouvir o clamor do menos favorecido, se une aos demais para lhe prover uma melhora nas condições de vida, livrando este da fome, doenças e do frio de um inverno com bravas chuvas.

O Projeto Mãos que Abraçam desempenha suas atividades em nossa cidade desde 2017,sua idealização parte de duas moças incríveis Thayse Lobo e Flavinha Fróes, que com gesto de humildade e simplicidade criou o projeto com o intuito de colaborar com o bem-estar do outro independente da situação e da causa. Sempre contando com a ajuda de voluntários, o projeto visa atender aos mais necessitados, doando alimentos, cestas básicas, móveis usados, roupas usadas de todos os tamanhos, roupa de recém nascido. A demanda tem sido grande, o coração desses voluntários volta-se para esta causa com fervor a favorecer a vida do outro, indo de encontro ao Cristo caído, que tem fome, sede e está sedento de amor.

Este chamado a servir o outro, é desempenhado com uma imensa alegria por estes servos do amor. Os voluntários recebem as doações ou recebem o aviso e vão buscar aquela doação, encaminhando-a até o destino final. Nestes tempos difíceis a procura por doação é grande, mas sempre um coração bondoso se apresenta e concede com uma doação o bem ao próximo. A demanda é grande, o grupo não tem vínculo político, e precisa da ajuda de todos, por este motivo se tiver algo que possa doar, deixarei o perfil deles para um possível contato. Parabéns a todos que fazem o Projeto Mãos que Abraçam, este serviço humanitário é a prática mais perfeita do amor.

“Faça sua parte, marque a vida de alguém pela simplicidade de um gesto humilde” (Mãos que Abraçam)

Instagram: @projetomaosqueabracam
 

Comentários comentar agora ❯

  • Rosely Parabéns pra todos que ajudam o projeto e que se dedicar a ajudar o próximo, Deus abençoe vcs isso é lindo.
Postado em 03/08/2021 23:53

Inscrições abertas para o Projeto Música na Praça

Fénix de Penedo
Inscrições abertas para o Projeto Música na Praça
Há onze anos promovendo politicas sociais em Penedo.

No dia 02 de agosto, a Banda Fanfarra Independente Fênix de Penedo apresentou o Projeto Música na Praça, que dá início ao retorno das atividades da banda. O projeto tem como objetivo primordial reduzir as desigualdades sociais e combater o preconceito através da disseminação da arte e da cultura como instrumento de transformação social. O mesmo ainda conta com ensaios da banda, aulas de educação musical para crianças e adolescentes, buscando sempre oferecer uma melhor qualidade de vida, desenvolvimento cultural e artístico para seus participantes.

As inscrições para este projeto poderão ser realizadas pelo perfil no Instagram da Fénix de Penedo, após ser mantido o contato, será solicitado algumas informações para o devido preenchimento de dados. As vagas são limitadas, em meio às circunstâncias da pandemia do novo coronavírus. Os ensaios acontecerão na orla do Bairro Vermelho, e obedecerá às normas e orientações dos órgãos de saúde.

A diretoria da Fénix, muito empenhada em cumprir todas as determinações na prevenção do Covid-19, impõe regras como distanciamento social, utilização de máscara e higienização com álcool em gel. A Banda Fanfarra Independente Fênix de Penedo, há onze anos promove ações sociais, promovendo expressão de arte e cultura para toda população ribeirinha. Não fique de fora dessa oportunidade!
 

Instagram para inscrição: @fenixdepenedo

Comentários comentar agora ❯

Postado em 02/08/2021 10:34

Você já ouviu falar na Lei Geral de Proteção de Dados?

Google
Você já ouviu falar na Lei Geral de Proteção de Dados?
O objetivo desta lei é proteger os dados de todos os brasileiros.

Uma lei que estabelece regras sobre o uso de dados pessoais de todos os brasileiros já está em vigor. Desde setembro do ano passado, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD),foi sancionada na necessidade de proibir o uso particular de dados entre empresas como forma criminosa de expor ou obter informações de dados sigilosos. O prazo de quase um ano foi determinado pelo Congresso Nacional para dar tempo de empresas se adequarem à lei e para a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão ligado à Presidência da República e formado em outubro de 2020, agir e regulamentar algumas regras.

As empresas que desrespeitarem a lei podem ser multadas em até R$50 milhões por infração, mas o documento que define o cálculo para esta sanção ainda não foi publicado. Uma resolução do órgão indicou que as penalidades serão aplicadas de forma “escalável”, subindo de degrau em degrau, levando então a considerar a gravidade do caso. Essa multa pode, assim, demorar para ocorrer, porque não foi publicado o documento que estabelece como elas serão calculadas.

Na atualidade, dados pessoais são requeridos em diversas atividades do dia a dia, sob qualquer empresa ou entidade que realiza cadastro com nome ou a um documento de um cidadão, seja ele feito pela internet ou não, precisa seguir a LGPD, até mesmo em órgãos ligados ao governo, que não podem ser multados, mas estão sujeitos a outras sanções. Para a ANPD seguir algumas diretrizes, essas normas seguirão à consulta pública, que em breve será realizada, isso porque as penalidades devem ser dadas em forma de pirâmide, como afirma João Victor Archegas, pesquisador de direito e tecnologia do IST-Rio (Instituto de Tecnologia e Sociedade).

 

Comentários comentar agora ❯