Rafael Medeiros

Rafael Medeiros

Formado em Letras, Direito e Comunicador pelo Sindirádio

Postado em 12/08/2017 08:14

Eleições 2018 estão chegando com muita melodia. Já ouvimos o canto do Papa Capim!

Reprodução Redes Sociais
Eleições 2018 estão chegando com muita melodia. Já ouvimos o canto do Papa Capim!

Vai ser muita melodia em 2018! Os fenômenos eleitorais têm aparecido em todas as eleições, sejam elas municipais ou estaduais. No último pleito de 2016, os eleitores levaram para os legislativos das capitais alagoana e sergipana, os campeões de votos, Lobão e Palhaço Soneca. Quem acompanha o dia a dia da política local tem visto de perto a atuação dos dois, mas muitos eleitores afirmam que o mesmo voto de protesto seria dado novamente.

No raiar do sol para as eleições de 2018, eis que surge um novo nome na conjuntura política estadual. O auxiliar de pedreiro Cláudio dos Santos Nogueira, o “Papa Campim das Alagoas” se filiou ao Partido Social Democrático (PSD) e pretende sair candidato a deputado estadual. O ingresso na sigla foi anunciado pelo presidente estadual da legenda, Maykon Beltrão, em redes sociais.

Faço minhas as palavras do amigo Funcionário Público e futuro jornalista, Moraes Júnior que comentou em sua rede social o seguinte: “O papa capim era um sonho dele, sabe-se! Talvez a cura da esposa com câncer fosse outro dos seus sonhos. Quem sabe um futuro melhor para aquela meia dúzia de filhos e filhas abandonados pela esposa do primeiro casamento? Ele não disse no vídeo que viralizou. Disse só que o canto melodioso do passarinho embalava o seu sonho. Talvez por isto, encantou-se por outro canto. Desta vez o da sereia. Daquelas que atraem homens incautos para afogá-los e depois devorá-los! Foi-se agora entregar-se à voracidade das elites alagoanas. Sabe o câncer da esposa? Sabe o emprego que lhe falta? Sabe o futuro incerto dos filhos dele? Pois é. Não sabe! Se soubesse não cairia no canto da sereia. A melodia dela não é que nem o lamento do papa capim prisioneiro. Ele canta por interesse. Canta para se alimentar da carne humana. E lá vai ele nutri-la. Ouviu o galo cantar e não sabe aonde”.

[email protected]
@medeiros_AL
82 99312-1531
 

Comentários comentar agora ❯