Martha Martyres

Martha Martyres

Radialista, diretora da rádio Penedo FM, âncora do jornalismo no Programa Lance Livre

Postado em 01/08/2011 14:49

Curtas, Médias e Moduladas


Falta representação política


Penedo sofre, há mais de duas décadas, de uma moléstia produzida pela falta de qualificação política de seu povo: não tem representantes diretos nos parlamentos e bancadas que impõem o famoso “toma-lá-dá-cá”, este, no bom sentido.

 Conhecemos vários casos de políticos que votam com os governos com a condicionante em riste: se minha cidade for asfaltada, se minha cidade receber a reforma tal, se minha cidade receber recursos para isso ou aquilo, enfim, assim caminha a politicagem.

Só para citar, temos a ponte Penedo-Neópolis; o distrito industrial que não sai da palavra, mesmo com a implantação do city-gate (que pode ir para Arapiraca!!!!!!); a reforma de prédios históricos que estão se deteriorando, como é o caso da antiga Coordenadoria de Educação; do ginásio de esportes Padre Manoel Vieira, que tem até túnel para o tráfico de drogas; das escolas desabando sobre as cabeças das crianças, da Unidade de Emergência em urgência definitiva; estradas inacabadas, como a Penedo-Pindorama e outras que nem foram iniciadas, perda de recursos para a reforma do Aeroporto Freitas Melro, etc...etc...etc...

Exemplos temos a perder de vista. O último é a possibilidade de o curso de Cinema ser implantado no Pólo Penedo da Ufal. A proposta está sendo disputada por outras unidades acadêmicas. Também se falava, há algum tempo, sobre a possibilidade de implantação do curso de Arquitetura ou mesmo de Comunicação.

Vamos perder mais uma.

Falta quem negocie por Penedo.

Quem negocia Penedo, já tem de sobra!

Olha o coice ai, gente!!

Começou a época de caça aos eleitores e os marqueteiros já começam a preparar aquelas musiquinhas irritantes (...você já sente, Penedo está diferente....), folders, clipes idiotas, abraço em velhinhas, beijos em criancinhas, etc...porque afinal, todo pré e todo candidato é um herói e seus adversários uns malvados, o “bicho-papão”, o fdp...

Vai começar tudo de novo: os idealistas vão se expor em discussões acalouradas; os pensadores buscarão soluções para os intermináveis problemas sociais, os que anseiam pelo cargos em comissão, vão pular para cima do muro à espera do resultado eleitoral, os puxa-sacos vão erguê-los nos braços subindo e descendo ladeiras, as bandas e os artistas vão receber cachê (ah, esqueci! É proibido no comício! he he he ), as fotografias serão retocadas com o mesmo programa que retoca a bunda das mulheres na Playboy (alguns aparecem sem rugas...kkkk), os programa de governo, irrealizáveis, serão apresentados e no final das contas, é tudo parte de uma grande mentira, um espetáculo de cores, bandeiras, botons e...santinhos!!! Pasmem!

Afinal, a função dos fazedores de candidatos, os marqueteiros, é vender mentiras como verdades. Exemplo: Onde está o dinheiro do Nudepe?, Onde está a UTI de Penedo?, e transformar o candidato sapo em um príncipe. Com sangue azul e cavalo manco.

Opa! Olha mais um coice aí, gente!!!!!

“Pouco sal na moleirinha”
Li Don Quixote quando ainda era adolescente, na biblioteca da Sociedade de Cultura e Arte Popular de Penedo. Depois, ganhei um exemplar de meu velho pai, José Vécio e, vez por outra, ainda faço minhas incursões nos delírios desse cavaleiro enlouquecido de tanto confrontar sonhos e desejos com a cruel realidade social e moral do mundo real.

Don Quixote queria ser um herói e acabou descobrindo que não existem heróis, por isso pirou. Então, fico imaginando como seria o confronto dos sonhos e das idéias de Don Quixote com a política atual.

Claro que não existe semelhança com o personagem principal, mas, pensando bem, há semelhanças com seu fiel amigo Sancho Pança.

Dizia Cervantes, o autor,  que Sancho Pança “tinha pouco sal na moleirinha”.

Traduzindo para o “nordestês”: ter pouco sal na moleira significa que o cabra é covarde, medroso, acanhado, debilitado e inábil, enfim, um desvalido político. E o que é pior: em política, quando o “amigo” não é, dá-se um jeito!
 

Comentários comentar agora ❯

  • João Pereira Júnior É um quadro dantesco! Fico assustado e extremamente triste. Meu Deus... Meu Deus... tenha misericórdia dessa cidade que não tem culpa do povo que acolhe. Parabéns pela eloquência, Marta. Quanta tristeza...
  • sergio Marta parabens pela a cronica, só acho que essa ponte vai terminar indo pra pra Arapiraca, porquer a cidade de Arapiraca é a metroplis do futura nós somos a cidade do atraso,agora Penedo realmente esta diferente a cidade cheia de lixo pra todo lado, os farmoso TIJOLINHO DO ISRAEL as areia ivadindo a banca do Jusimar lá no Resturante do Menezes os tijolo do Israel todo esculhabado, a praça do diocesano que essa admintração destruiu, a sobra do dinheiro da educação que não querem repasar para os professores, o aumento do servidor publico que não qurem da, é bom frisar que de 97 para cá o aumento do servidor só saiu na epoca do marcio prefeito e o Carlos secretario, swerá que esse prefeito é candidato a reeleição msmo? eu tenho minha duvidas, pior do que ese prefeito só dois desses
  • Antonio Rafael Lins de Albuquerque Bons textos, apenas uma correção, se me permite: no texto \\\\\\\"Pouco sal na moleirinha\\\\\\\" no primeiro parágrafo encontramos a palavra \\\\\\\"enloquecido\\\\\\\", favor corrijam para \\\\\\\"enlouquecido\\\\\\\". Grato
  • EVANIO É VERDADE AS BRIGUINHAS JA COMEÇARAM PORQUE OS PUXAS SACOS JA COMEÇARAM A APARECER E AS AMIZADES DAS ANTIGAS JA ESTAO FICANDO DE LADO EM NOME DOS INTERESSES PESSOAIS OU PROFISSIONAIS,MAIS CREIO QUE O POVO ESTARA ATENTO A TUDO ISSO.ASSIM ESPERO OU MELHOR PENEDO ESPERA.
  • Martha Mártyres Ao Antonio Rafael: obrigada pela correção!
  • eleitora Martha. Olha a cidade de penedo não terá nenhuma melhoria enquanto o eleitor não tiver a plena consciêcia do poder do seu voto. Até um tempo atras as pessoas só votava no candidaro que lhe dava alguma coisa entroca. Acho que até hoje tem isso nos interiores desse Brasil são nesses interiores que eles encontram as pessoas mais humildes que não tem consciência do voto.E nas cidades tb as pessoas tão tirando da vida das outas por 50 reais não vão vender um voto. OBS porque vc não se candidata a prefeita de penado? vc tem a faca e o queijo na mão. Penedo precisa de pessoas que tenha ausadia que não tenha medo de falar o que pensa Abraco. n
  • Cleber Lisboa Pereira PENEDENSES CONTINUEM BAJULANDO OS POLITICOS QUE NÃO SÃO DA TERRA
  • AMO PENEDO Ñ SOU PENEDENSE MAIS AMO PENEDO DE CORAÇÃO . MEU DEUS COMO ESTÁ DIFERENTE. PENEDO , UMA CIDADE LINDA . MAS ULTIMAMENTE MUITO SUJA . GENTE !!!!!!! Q ADMINISTRAÇÃO É ESSA HEM ??? QUEM SOUBER RESPONDA-ME. TANTA SUJEIRA , AS PRAÇAS COMEÇAM A REFORMAR E Ñ CONCLUEM O TRABALHO , QUEM JÁ SE VIU ISSO ??? AFFFFFFFFFFFFFFFF
  • Radjalma Lopes Não nascí em Penedo, mas, me considero um penedense pois, resido aquí há 30 anos com netos estudando aquí pertinho dos avós. Por está nesta cidade com esse tempão, venho a confirmar que amo esta cidade. Desde minha chegada (há 30 anos) aquí, sempre nutrí excelentes amizades . Aquí fui muito bem acolhido, e prestei meus serviços prifissionais até minha aposentadoria.