Olhar do Turismo – Por Fabrício Vasconcelos

Olhar do Turismo – Por Fabrício Vasconcelos

Um convite ao lazer, cultura e informação

Postado em 10/07/2018 08:01

A Marituba do Peixe é o Pantanal Alagoano

Arquivo pessoal
A Marituba do Peixe é o Pantanal Alagoano
"Dique da Paísa"

Paisagem exuberante e um show de natureza formam o rico ecossistema presente na Área de Proteção Ambiental (APA) da Marituba do Peixe. Impressionante ao ponto de receber o nome de Pantanal Alagoano. Mais um mérito para a cidade do Penedo que já é conhecida como o berço da cultura alagoana, cidade dos sobrados, capital do baixo São Francisco.

Foto: Guilherme Demetrio

Trata-se de uma região pantaneira que abrange as cidades de Feliz Deserto, Piaçabuçu e Penedo. Consideremos que seja um pulmão que purifica o ar que respiramos e um paraíso para as variadas espécies de animais e insetos que habitam em terra e água. E por existir grande área alagadiça é que recebeu comparação com o pantanal mato-grossense.

Todo o potencial ecológico existente na Marituba do Peixe atrai olhares de pessoas interessadas no desenvolvimento de ações ligadas ao turismo, haja vista as publicações disponíveis na internet informando que em 2016 o Conselho Gestor da APA, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), o Sebrae/AL e o Governo de Alagoas se propuseram para elaborar um plano de desenvolvimento turístico.

  

Foto: base descentralizada Marituba do Peixe / arquivo pessoal

A proposta parecia interessante, logo que objetivava inserir a comunidade local no processo de turistificação e contava com uma equipe especializada em turismo (até porque, abastados financeiramente, os proponentes são para financiar o trabalho de profissionais competentes e capacitados). Tudo isso deu um gás de esperança às pessoas que foram contactadas na época e que, infelizmente, podem estar frustradas com a motivação desrespeitosa que foi trabalhada.

Ficou claro que estamos em 2018 e nada mais daquela iniciativa foi tocada para frente, além do que podemos encontrar disponível no youtube, que são vídeos muito bem editados observando e enaltecendo a potencialidade turística da várzea. Com destaque para o ecossistema, artesanato e cultura local, que compõe os patrimônios material e imaterial existentes da área.

  

Foto: balneário do povoado Marituba do Peixe / página do facebook "Marituba do Peixe"

No entanto, com o pé direito na frente e empolgação a mil, é possível resgatar a esperança de desenvolver, estrategicamente, e mesmo com poucos recursos, ações inteligentes de turismo ecológico, segmentado nas linhas de turismo de contemplação, turismo de observação das espécies nativas, trilhas ecológicas, lazer nos balneários, turismo de pesca e demais atividades aliadas ao importante turismo de base comunitária, que é quando a população local tem sua importância reconhecida e participa do processo de turistificação.

Atualmente, algumas instituições de ensino levam alunos para conhecer e estudar a várzea Marituba do Peixe, passando a entender que esta região é rica em atrativos que se subdividem em meio ambiente natural, manifestações folclóricas, culinária caipira e festas populares características do interior, como cavalgadas e festas do Padroeiro.

  

Foto: trilha ecológica na APA Marituba do Peixe / Thays Dantas

Entretanto, vale ressaltar que toda e qualquer iniciativa respeitosa com a APA Marituba do Peixe é bem-vinda, logo que este patrimônio pertence a todos nós e poderia receber mais apoio de iniciativas privadas e poder público que já atuam na cadeia produtiva do turismo. A exemplo da agência de viagens e turismo “Mais Tour”, que criou um roteiro convidativo para os amantes de ecologia naquela localidade, partindo da cidade do Penedo.

Roteiro turístico elaborado com base nas normas da ABNT, demonstra maturidade da empresa e respeito com o ambiente visitado, moradores locais e turista. É assim que o turismo deve funcionar; para amadurecer ideias.

 

Instagram: @maisfabricio / @maistour

Comentários comentar agora ❯