Aqui Acontece [atalho H]
11/01/2017 - 09:49

Aluna de colégio estadual representará Sergipe nos Estados Unidos

Raquel Fontes é a representante de Sergipe no Jovens Embaixadores

Agência Sergipe

noticias/116627_imagem_chamada.jpg

noticias/116627_imagem_chamada.jpg

A aluna do Colégio Estadual Atheneu Sergipense, Raquel Santos Fontes, embarcou na manhã desta terça-feira, 10, com destino à realização de um sonho: o intercâmbio nos Estados Unidos da América. A jovem de 17 anos foi selecionada para o Programa Jovens Embaixadores e viajou nesta madrugada para Brasília, onde passará quatro dias participando de atividades junto com outros jovens que se destacaram no ensino público e representarão o Brasil nos EUA.

"Espero crescer muito como pessoa, através dessa experiência. Como já tenho projeto social desenvolvido aqui, acho que posso desenvolver ainda mais lá e também trazer algum retorno para cá", disse Raquel.

Nos dias que antecederam a viagem, Raquel se ocupou com os preparativos e também conversou bastante com Jovens Embaixadores de outros estados, através de grupos em redes sociais. Ela está levando para a viagem algumas coisas daqui para mostrar aos norte-americanos.

"Estou levando alguns materiais sobre Sergipe para apresentar lá. Comprei artigos de artesanato e comidas típicas para mostrar aos americanos, como paçoca, pé de moleque e leite condensado", afirmou.

Raquel Fontes ainda destacou o auxílio que a Secretaria de Estado da Educação de Sergipe deu a ela. "Precisei comprar roupas de frio, que são difíceis de encontrar aqui, e são muito caras. Mas a Seed, através da Assessoria Internacional, me deu todo o apoio. Ganhei uma quantia em dinheiro para comprar roupas, e o pessoal da Assessoria sempre esteve em contato comigo, para me ajudar no que eu precisasse", explicou.

Realização de um sonho

A mãe de Raquel, Josefa Fontes, falou do orgulho de ver a filha realizar esse sonho. "Confio na minha filha, pois ela sempre foi muito responsável. Trabalhei bastante e procurei dar o melhor para que ela realizasse esse sonho", disse.

Josefa ainda fez questão de agradecer a todos os que ajudaram. "Quero agradecer especialmente ao secretário Jorge Carvalho, que nos ajudou muito, dando todo o apoio de que nósprecisamos, tanto financeiro quanto moral. E a todos do Colégio Atheneu, que foi onde ela aprendeu quase tudo o que sabe", declarou.

A integrante da Assessoria Internacional da Seed, Nádia Cardoso, ressaltou os benefícios que essa experiência trará para a aluna. "Ela tem todas as possibilidades de crescer e realizar o seu sonho. A visão de mundo dela enquanto cidadã será desenvolvida. Com esse intercâmbio, estamos dando um plus para que todo esse potencial dela seja ampliado", afirmou.

A professora de inglês do Atheneu, Iranci Tommasi, tem Raquel como aluna há cerca de um ano, e se sente bastante orgulhosa por essa conquista. "Estou tão feliz por ela. Mas quero deixar claro que Raquel é a grande responsável por tudo isso. O mérito é todo dela. Tenho certeza de que ela está mais do que preparada para essa viagem", disse.

Brasília

O intercâmbio nos EUA acontece de 14 de janeiro a 5 de fevereiro. Antes, de 10 a 13 de janeiro, em Brasília, Raquel participará, junto aos demais representantes dos estados brasileiros no programa, de entrevistas de visto e orientações. Os 50 jovens foram selecionados entre mais de 18 mil estudantes da rede pública, têm perfil de liderança e dominam o inglês.

Na capital federal do Brasil, a Embaixada dos EUA preparou uma programação especial para esses jovens de talento. Eles terão a oportunidade de se encontrar com mais de 30 representantes de todas as 14 edições anteriores do programa para trocar experiências e saber como o programa mudou a vida de cada um deles ao longo dos anos.

EUA

Nos Estados Uinidos, Raquel passará uma semana em Lake Tahoe, no Estado de Nevada. Em seguida irá para Tulsa (Oklahoma) e finalmente para Washington (D.C.).

Ela será recebida por famílias anfitriãs, frequentará aulas em escolas locais e irá interagir com estudantes norte-americanos da mesma idade. Participará de atividades de responsabilidade social e cultural nas comunidades e fará apresentações sobre o Brasil. O seu retorno está programado para o dia 5 de fevereiro.

O programa

A 15ª edição do Programa Jovens Embaixadores é patrocinado pela Missão Diplomática dos EUA e parceiros públicos e privados. A iniciativa da Missão Diplomática dos EUA no Brasil busca promover o diálogo e o entendimento mútuo entre brasileiros e americanos.

Durante as três semanas de intercâmbio, os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo dos EUA, líderes comunitários, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos EUA, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo. No final da viagem, eles apresentarão planos de ação na área de voluntariado que serão implementados em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

Desde o lançamento em 2002, 467 jovens brasileiros da rede pública de ensino já participaram do programa. Para a edição de 2017, mais de 18.700 jovens se inscreveram. Desde 2012, o programa passou a ser reproduzido em todos os países do continente americano e conta também com um intercâmbio inverso para que estudantes americanos possam conhecer outros países. No Brasil, os parceiros dessa iniciativa são: o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSD, Microsoft, Bradesco, IBM e Boeing Brasil.

AquiAcontece.com.br © 2017 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.