19 Abril 2017 - 15:26

Polícia prende mais um envolvido em latrocínio ocorrido no município de Neópolis-SE

SSP-SE
Jandisson Santos Rodrigues, 26 anos, estava escondido em Nossa Senhora do Socorro

Mais um suspeito de ter participado de um latrocínio registrado em Neópolis-SE foi preso pela Polícia Civil em cumprimento a mandado de prisão. Jandisson Santos Rodrigues, 26 anos, estava escondido em um apartamento localizado no município sergipano de Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com o delegado Thiago Lustosa, que comanda as investigações, Jandisson foi encontrado em um condomínio fechado localizado no conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do socorro, e não houve nenhum tipo de resistência à prisão.

Segundo as investigações, ele teria fugido para se esconder no local desde a data do crime, e foi localizado pelos policiais das delegacias de Neópolis e da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci). Na oportunidade a Polícia ainda apreendeu uma pistola, o que resultou na prisão em flagrante também por posse ilegal de arma de fogo.

Jandisson é o terceiro elemento a ser preso, suspeito do envolvimento no crime. Ainda estão foragidos, Thiago Carvalho Moreira e Valdson Rodrigues dos Santos.

O delegado ainda solicita aos populares que reconhecerem os foragidos ou souberem de qualquer informação que leve a polícia ao paradeiro dos suspeitos, entre em contato com o Disque Denúncia por meio do número 181.

Entenda o caso

No início da tarde do dia 30 de janeiro deste ano, o Instituto Médico Legal (IML) enviou uma equipe para recolher o corpo do marchante Hélio Roberto Alves, de 58 anos, no Hospital Regional de Propriá. Na época, o 2º Batalhão da Polícia Militar informou que ele atingido por disparos de arma de fogo quando retornava da feira do município de Brejo Grande.

O crime ocorreu na estrada do Povoado Pindoba em Neópolis. Dois carros com homens armados aproximaram-se do veículo onde estavam a vítima e o filho dele e pediram para parar. Como eles não atenderam à ordem dos suspeitos, um dos criminosos atirou e atingiu o marchante com dois tiros na cabeça.

Na tentativa de salvar o pai, o rapaz continuou dirigindo até o Hospital Regional de Propriá, mas ele já chegou na unidade sem vida. Hélio Roberto Alves era natural de Cedro de São João e vendia carne de sol na feira de Brejo Grande às segundas-feiras
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯