26 Fevereiro 2010 - 07:27

Joaquim Beltrão pede renegociação da dívida dos pequenos produtores

Assessoria
Joaquim Beltrão apela para bom senso do governo federal

O deputado Joaquim Beltrão (PMDB/AL) fez pronunciamento na Câmara para solicitar que o governo federal, através do Ministério da Fazenda, que reveja sua posição de incentivar os bancos a não dar nenhuma ajuda aos pequenos agricultores de Alagoas, que estão endividados e impossibilitados de receberem financiamento do governo.

Ele disse que acabou de presenciar um manifesto importante dos agricultores endividados, que, desde segunda-feira, estavam acampados em frente ao Banco do Nordeste e do Banco do Brasil, na cidade de Arapiraca, reivindicando do governo federal a renegociação de suas dívidas, o apoio para que possam liquidá-las e tomar novos empréstimos.

Mais de 60 mil pequenos agricultores no Estado de Alagoas não conseguem quitar suas dívidas. Quem não está podendo pagar é porque não está conseguindo produzir o suficiente para isso, reforçou o deputado, acrescentado que as centenas de agricultores que pagaram seus empréstimos, foi porque venderam parte de suas propriedades. “Dívida agrícola não se paga vendendo a galinha que põe ovos, vendendo propriedade; dívida agrícola se paga com produção, com trabalho, com suor”, disse Joaquim Beltrão.

Concluindo o seu pronunciamento, disse que espera que o governo force o Ministério da Fazenda a reveja sua posição. “Essa é a minha posição e daqueles que querem ver o Estado crescer, desenvolver-se. Na hora em que os agricultores e seus filhos tiverem melhores condições de vida, o comércio venderá muito mais e haverá melhor distribuição de renda”.
 

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯