23 Outubro 2010 - 10:16

Toninho Lins declara apoio a Ronaldo Lessa

Assessoria
Lessa em Reunião no município de Rio Largo

Em um discurso contundente para centenas de partidários, o prefeito do município de Rio Largo, Toninho Lins (PSB), oficializou nessa quinta-feira (21), no clube América, o apoio seu e de sua equipe ao candidato da Frente Popular por Alagoas ao governo, Ronaldo Lessa (PDT). O encontro de adesão reuniu vereadores, secretários municipais e diversos correligionários.
Toninho Lins enumerou as semelhanças de sua administração com a de Ronaldo Lessa quando foi governador de Alagoas, ao destacar as dificuldades de se conduzir os destinos de uma cidade quando não há apoio do governo estadual. “Há um ano e meio estamos sem receber nenhum tipo de ajuda estadual, uma pedra sequer foi coloca na cidade de Rio Largo; nada foi feito para a melhoria das condições de vida do nosso povo. Agora ele vem com obras eleitoreiras para confundir o povo”, disse o prefeito, ao se referir às obras de recapeamento da estrada de acesso ao município, realizadas recentemente.

“Estou à vontade para pedir votos para Ronaldo Lessa, porque ele é o único que pode falar em mudança. Ele, que pegou um Estado arrasado e resgatou a auto-estima do alagoano; retomou a dignidade dos concursos públicos, para que o filho do pobre tenha as mesmas condições que o filho do rico. Por isso é importante que ele volte e mostre o mesmo respeito que sempre tempo com o Estado, com o povo alagoano”, disse Toninho Lins, e acrescentou: “Ronaldo Lessa é o único que defende a ideia de que melhor do que fazer cadeia é fazer escola, porque acredita na educação como instrumento de transformação da sociedade. É preciso dizer não à violência; dizer não à pobreza; às escolas fechadas; dizer não a um governador que não respeita seu povo, não respeita o servidor público”, completou.

Em sua fala, Ronaldo Lessa agradeceu a adesão de toda a equipe do prefeito de Rio Largo, ao assumir o compromisso de continuar a luta pela retomada do crescimento de Alagoas em consonância com o projeto social do presidente Lula, que colocou o Brasil nos maiores patamares de desenvolvimento econômico e social perante o mundo, e que terá continuidade com Dilma Roussekff presidenta.

“O Lula resgatou a auto-estima e aumentou o poder de compra dos brasileiros. Milhares de pessoas saíram da condição de miséria absoluta, porque têm um presidente que acredita que uma pátria onde seu povo não come não é pátria. E Alagoas continua na contramão da história. Enquanto o Brasil e o Nordeste se desenvolvem, em Alagoas o governador acaba com as secretarias de Esportes, da Mulher e dos Direitos Humanos, reduz mais de 40 mil vagas nas escolas públicas, diminui o orçamento da segurança pública e entrega o Estado nas mãos dos bandidos”, disse Ronaldo Lessa.

“O filho do pobre só vai crescer se tiver educação. Só assim ele estará livre das drogas, do crake, que está deixando milhares de mães, filhos e esposas enlutados. Incentivar o esporte não é despesa, é investimento. Como podemos ter um Estado melhor se seus governantes não se preocupam com os direitos humanos das minorias – da mulher, dos negros, quilombolas, homossexuais?”, questionou o candidato.

Ao final, Lessa reforçou seu compromisso de retomar os concursos públicos em diversas áreas, a implantação de escolas técnico-profissionalizantes e de tempo integral em cidades-polo, além das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA’s), para garantir assistência médica gratuita e de qualidade à população.

por Ascom/Frente Popular por Alagoas

Comentários comentar agora ❯

  • funcionario publico vamos la lessa vc sim é um governado do povão. é 12
  • Admilsom E porque só agora no 2º turno que ele vai dá seu apoio ao Ronaldo lessa? vale lembrar que nas eleições de 2008 Ronaldo lessa foi um dos contribuidores para que toninho ganhasse a eleição pra prefeito, e collor seu principal rival, mas no 1º turno de 2010 toninho levantou a bandeira de collor pra governador, traindo então ronaldo lessa, agora ele vem apoiá-lo? Esse prefeito não passa de um cara comprado pelos corruptos de AL,vai tomar vergonha na cara toninho, cresce cara. Rio Largo quer respeito